Fórmula 1 Testes de fevereiro no Bahrein

F1: Giovinazzi e Shwartzman devem dividir posto de reserva da Ferrari em 2023

Divisão de funções permitirá que italiano foque em seus esforços com a Ferrari no WEC, na classe hipercarros

Antonio Giovinazzi, Reserve Driver, Ferrari

Aos poucos, a Ferrari vai confirmando seus planos para 2023 no mundo do esporte a motor. E um anúncio esperado para os próximos dias deve colocar Antonio Giovinazzi e Robert Shwartzman como os reservas da equipe na Fórmula 1 para a temporada.

Após perder a chance de retornar ao grid da F1 neste ano, Giovinazzi foi confirmado como piloto da Ferrari na classe de hipercarros do Campeonato Mundial de Endurance da FIA (WEC). E enquanto este será o foco do italiano, ele deve manter suas ligações com a F1 segundo apurado pelo Motorsport.com Itália.

Leia também:

Giovinazzi virou piloto reserva da Ferrari no ano passado após perder sua vaga na Alfa Romeo no fim de 2021. O italiano dividiu o papel em 2022 com Mick Schumacher, que agora cortou suas ligações com o time italiano para assumir a função na Mercedes.

Giovinazzi estava entre os candidatos para substituir Schumacher na Haas, mas sua campanha foi por água abaixo após bater o carro no início de um treino livre do GP dos Estados Unidos, com a vaga ficando com Nico Hulkennberg.

A confirmação de Giovinazzi como parte da lista de pilotos da Ferrari na LMH não surpreendeu ninguém, marcando seu retorno à Le Mans após uma aparição com a AF Corse em 2018 na GTE Pro. Neste ano, ele correrá ao lado de James Calado e Alessandro Pier Guidi na Ferrari 499P #51.

Robert Shwartzman, Ferrari F1-75

Robert Shwartzman, Ferrari F1-75

Photo by: Mark Sutton / Motorsport Images

E como cinco das sete etapas do WEC em 2021 coincidem com a F1, Shwartzman assumirá a função no lugar de Giovinazzi em Jeddah, Baku, Barcelona, Silverstone e Interlagos.

Shwartzman passou 2022 como piloto de testes e desenvolvimento da Ferrari após dois anos na Fórmula 2. Ele fez ainda dois treinos livres com a equipe além dos testes de pós-temporada em Abu Dhabi.

Isso permitiria a Shwartzman, que corre atualmente com uma licença de Israel devido à invasão russa na Ucrânia, buscar um programa para 2023. Recentemente, ele fez um teste com a Chip Ganassi em Sebring pela Indy, mas não foi realizado um anúncio formal ainda.

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura de comentários durante nossos programas. Não perca, assine já!

Podcast #212 – Polêmica: as verdades inconvenientes sobre a F1

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior Presidente da FIA revela que F1 não voltará para formato antigo com apenas um diretor de prova
Próximo artigo Problemas com W13 forçaram Mercedes a reinventar sua fábrica na F1

Principais comentários

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil Brasil