F1: Hamilton domina após 'susto' na relargada e vence GP de Portugal em Portimão

Etapa em Portimão teve início emocionante com Verstappen ultrapassando Hamilton na relargada

F1: Hamilton domina após 'susto' na relargada e vence GP de Portugal em Portimão

Um dos grandes sucessos de 2020, Portimão entregou novamente um grande GP de Portugal em 2021. Em uma terceira etapa bem movimentada na temporada 2021 da Fórmula 1, quem levou a melhor foi Lewis Hamilton, que fez uma prova dominante mesmo depois de um 'susto' na relargada quando perdeu a segunda posição para Max Verstappen.

No sábado, apesar de Verstappen ter liderado o TL3 e Hamilton ter feito a melhor volta do final de semana no Q2, foi Bottas quem ficou com a pole, superando o companheiro de Mercedes por apenas 0s007.

Leia também:

Valtteri Bottas largou muito bem e depois Lewis Hamilton para receber pressão de Max Verstappen, enquanto Carlos Sainz passou Sergio Pérez, assumindo a quarta posição. Ao passar pela linha de chegada, Raikkonen perdeu o bico de sua Alfa Romeo, que ficou presa no assoalho do carro, encerrando a prova finlandês, levando ao acionamento do safety car.

 

Pouco depois, a transmissão mostrou que o incidente de Raikkonen teve origem em um toque do finlandês em seu companheiro de equipe, Giovinazzi.

O safety car foi recolhido no início da sétima volta. Bottas relargou bem e manteve a ponta, mas Hamilton não foi bem, perdendo a segunda posição para Verstappen, enquanto Norris engoliu Pérez e Sainz nas primeiras curvas, saltando para quarto. O espanhol da Ferrari caiu para sexto e passou a ser pressionado pelo companheiro de equipe.

 

Aproveitando um descuido de Verstappen, Hamilton conseguiu retomar a segunda posição no início da 11ª volta de um total de 66, deixando Bottas abrir quase 1s5 de vantagem para os dois líderes do Mundial, que seguiam juntos em uma forte disputa.

Com 15 voltas, Bottas mantinha uma vantagem para Hamilton que variava entre 0s8 e 0s5, enquanto Verstappen já ficava mais para trás, a 1s5 do heptacampeão. Mais atrás, Pérez retomava a quarta posição de Norris, mas já estava a mais de 7s do companheiro de Red Bull.

No começo da volta 20, Hamilton conseguiu passar Bottas, assumindo a primeira posição com o auxílio da asa móvel, deixando o finlandês para resolver com Verstappen, que vinha conseguindo reduzir a diferença nos minutos anteriores. Rapidamente o heptacampeão abriu 1s3 para Bottas, que tinha o holandês a menos de um segundo.

 

De macios, Sainz foi o primeiro a fazer a parada, na volta 22, colocando pneus médios.

Na metade da corrida, os ponteiros seguiam sem parar na pista. Hamilton já abria 4s para Bottas que, por sua vez, tinha 1s4 para Verstappen. Completavam o top 10: Pérez ,Ricciardo, Alonso, Stroll, Norris, Sainz e Leclerc.

Verstappen foi o primeiro a parar, na volta 36, enquanto Bottas entrou no giro seguinte. Ambos colocaram duros e o finlandês conseguiu sair na frente, mas com o holandês colado e o piloto da Red Bull levou a melhor no final por estar com pneus aquecidos. Já Hamilton fez sua parada na volta 38, também colocando o composto mais duro.

 

Neste momento, Pérez assumiu a liderança porque ainda não havia parado. Hamilton retornou quase 4s a frente de Verstappen, que já abria 2s5 para Bottas.

Na volta 50 de 66, Pérez seguia na pista, sem parar ainda, mas a vantagem de mais de 10 segundos que tinha para Hamilton quando o britânico saiu dos boxes já havia caído para 1s2. Hamilton, por sua vez, tinha 4s2 de dianteira para Verstappen, que estava 1s6 a frente de Bottas. O top 10 era completado por: Norris, Leclerc, Ocon, Sainz, Alonso e Ricciardo.

Já na volta seguinte, Hamilton passou Pérez reassumindo a liderança e abrindo rapidamente vantagem. O piloto da Red Bull finalmente parou com 15 voltas para o fim, dando 47 com o pneu médio e saindo de macio, 22s atrás de Bottas.

No final, Hamilton controlou a diferença que tinha para Verstappen e venceu com tranquilidade o GP de Portugal mesmo após o susto na relargada, chegando a 97 triunfos na F1, se aproximando de mais uma marca centenária na categoria.

Mas, os minutos finais foram marcados por paradas de Verstappen e Bottas no final em busca do ponto extra da volta mais rápida.

Verstappen foi o segundo e Bottas completou o pódio, sem conseguir disputar o segundo lugar com o piloto da Red Bull, por conta de um pequeno problema no motor. No final, o ponto extra da volta mais rápida ficou com Bottas, já que a tentativa de Verstappen foi deletada por exceder os limites de pista. Completaram o top 10: Pérez, Norris, Leclerc, Ocon, Alonso, Ricciardo e Gasly.

As atividades da Fórmula 1 em 2021 continuam já na semana que vem, com o GP da Espanha, em Barcelona, quarta etapa da temporada. Você acompanha as transmissões pelo Band e Bandsports, além da cobertura completa do Motorsport.com com materiais no site e a programação no canal do YouTube.

Cla   # Piloto Chassi Motor Voltas Tempo Diferença Intervalo Abandono Pontos
1   44 United Kingdom Lewis Hamilton Mercedes Mercedes 66 -       25
2   33 Netherlands Max Verstappen Red Bull Honda 66 29.148 29.148 29.148   19
3   77 Finland Valtteri Bottas Mercedes Mercedes 66 33.530 33.530 4.382   15
4   11 Mexico Sergio Perez Red Bull Honda 66 39.735 39.735 6.205   12
5   4 United Kingdom Lando Norris McLaren Mercedes 66 51.369 51.369 11.634   10
6   16 Monaco Charles Leclerc Ferrari Ferrari 66 55.781 55.781 4.412   8
7   31 France Esteban Ocon Alpine Renault 66 1'03.749 1'03.749 7.968   6
8   14 Spain Fernando Alonso Alpine Renault 66 1'04.808 1'04.808 1.059   4
9   3 Australia Daniel Ricciardo McLaren Mercedes 66 1'15.369 1'15.369 10.561   2
10   10 France Pierre Gasly AlphaTauri Honda 66 1'16.463 1'16.463 1.094   1
11   55 Spain Carlos Sainz Jr. Ferrari Ferrari 66 1'18.955 1'18.955 2.492    
12   99 Italy Antonio Giovinazzi Alfa Romeo Ferrari 65 1 lap        
13   5 Germany Sebastian Vettel Aston Martin Mercedes 65 1 lap        
14   18 Canada Lance Stroll Aston Martin Mercedes 65 1 lap        
15   22 Japan Yuki Tsunoda AlphaTauri Honda 65 1 lap        
16   63 United Kingdom George Russell Williams Mercedes 65 1 lap        
17   47 Germany Mick Schumacher Haas Ferrari 64 2 laps        
18   6 Canada Nicholas Latifi Williams Mercedes 64 2 laps        
19   9 Russian Federation Nikita Mazepin Haas Ferrari 64 2 laps        
    7 Finland Kimi Raikkonen Alfa Romeo Ferrari 1       Colisão  

F1 AO VIVO: Hamilton vs Bottas vs Verstappen e as ANÁLISES do GP de Portugal | PÓDIO

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

PODCAST debate quais histórias da Fórmula 1 poderiam virar filme; ouça já

 

compartilhar
comentários
F1: Entenda como diferentes estratégias de pneus podem decidir GP de Portugal

Artigo anterior

F1: Entenda como diferentes estratégias de pneus podem decidir GP de Portugal

Próximo artigo

Hamilton celebra 97ª vitória na F1 em corrida ótima mas "muito difícil"

Hamilton celebra 97ª vitória na F1 em corrida ótima mas "muito difícil"
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento GP de Portugal
Autor Guilherme Longo