F1: Horner espera "corrida limpa" em Abu Dhabi para Red Bull ser campeã da "maneira correta"

Chefe da equipe austríaca reforçou que querem triunfar na pista, e não na sala dos comissários ou fazendo o rival bater

F1: Horner espera "corrida limpa" em Abu Dhabi para Red Bull ser campeã da "maneira correta"

O chefe da Red Bull, Christian Horner, insiste que a equipe se preocupa em saber como ganhar o campeonato mundial de Fórmula 1 deste ano, em meio a temores de que 'truques sujos' arruínem o GP de Abu Dhabi.

Uma etapa 'mal-humorada' na Arábia Saudita no último domingo (5), que foi marcada por tiros dos campos da escuderia austríaca e da Mercedes, além de uma colisão e mais polêmica entre Lewis Hamilton e Max Verstappen, apontou para uma escalada na intensidade da batalha pelo título.

Leia também:

O holandês mostrou que não tem medo de levar as coisas ao máximo em suas batalhas com o heptacampeão, com ambas as equipes levando as regras ao limite, e isso pode significar problemas no final da temporada.

No entanto, embora a tensão esteja alta, Horner insiste em que seu time quer ganhar o título da maneira certa. Questionado se ele se importava com a forma como o campeonato possa ser vencido, o chefe da Red Bull disse: "Sim, claro que sim".

"Você quer triunfar na pista. Não em uma sala de comissários, não com o adversário na brita. Você quer ganhar. Tem sido uma luta dura durante todo o ano. Tem havido corridas fantásticas entre esses dois e espero que seja uma prova justa e limpa em Abu Dhabi."

Verstappen e Hamilton vão para o final da temporada em Yas Marina empatados em pontos, ou seja, quem chegar na frente leva o troféu. O que pesa para o holandês é ter mais vitórias no ano, então se nenhum deles marcar pontos, ele conquistará a coroa.

Enquanto a Red Bull viu Hamilton reduzir a vantagem de seu piloto com três vitórias consecutivas, Horner insiste que sua escuderia não está abatida sobre a forma como parece estar contra o rival.

"Não há absolutamente nenhum problema com isso, somos um time com experiência", disse ele. "Vamos para Abu Dhabi iguais em pontos, mas liderando pelo número de vitórias."

"Se você tivesse nos dado essa oportunidade de poder batalhar por este campeonato em Abu Dhabi, na última corrida, após 21 etapas de uma luta intensa com a Mercedes, acho que todos nós teríamos arrancado um braço por isso. E vocês também, com base no domínio que vimos nos últimos sete anos."

A Red Bull já é calejada em rodadas finais que decidem o título contra outras equipes, depois de ter visto Sebastian Vettel ser campeão em Abu Dhabi em 2010 e no Brasil em 2012.

"É a primeira vez desde esses anos que equipes rivais entraram na última corrida lutando pelo mundial de pilotos", comentou. "Não haverá nenhum problema em levantar o moral neste fim de semana, [Jeddah] foi louca e nós saímos dela com um segundo lugar, liderando grande porcentagem mais uma vez."

"No entanto, a sorte brilha para Lewis no momento. Ocon passou por cima de sua asa dianteira no início e ele bateu na traseira de Max. Você sabe, ele montou sua sorte", concluiu.

F1 2021: VERSTAPPEN e HAMILTON travam GUERRA na Arábia Saudita e chegam EMPATADOS para decisão | PÓDIO

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #149: Frank Williams é o maior personagem da F1 fora das pistas?

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
RETA FINAL: Verstappen merecia ser desclassificado ou Hamilton errou?
Artigo anterior

RETA FINAL: Verstappen merecia ser desclassificado ou Hamilton errou?

Próximo artigo

F1: Jos Verstappen volta a criticar Wolff: “Não gosto de sua atitude”

F1: Jos Verstappen volta a criticar Wolff: “Não gosto de sua atitude”
Carregar comentários