F1: Horner rebate Wolff sobre comentários "muito pessoais" a Hamilton

Chefe da Red Bull mantém postura crítica às comemorações da Mercedes no GP da Grã-Bretanha e reforça que britânico foi culpado pelo acidente

F1: Horner rebate Wolff sobre comentários "muito pessoais" a Hamilton

O chefe da Red Bull, Christian Horner, reforçou suas críticas às comemorações pós-corrida da Mercedes no GP da Grã-Bretanha de Fórmula 1, apesar de comentários da sua equipe terem sido taxados como "muito pessoais". A escuderia austríaca ficou furiosa com o acidente entre Lewis Hamilton e Max Verstappen em Silverstone e a forma como a montadora alemã e seu piloto exaltaram seu sucesso depois.

O próprio holandês chamou as ações do heptacampeão de "desrespeitosas", enquanto o conselheiro de Milton Keynes, Helmut Marko, disse que eles mostraram "seu estilo" ao vibrar enquanto o rival estava no hospital passando por exames.

Leia também:

No início desta semana, o chefe da Mercedes, Toto Wolff, disse que os comentários agressivos da Red Bull após a corrida foram um passo longe demais e se tornaram "muito pessoais".

No entanto, em sua coluna pós-corrida publicada no site da RBR na sexta-feira, Horner deixou claro que sua opinião não mudou e disse que era "inimaginável" que eles não quisessem deixar Hamilton saber de toda a situação de Verstappen antes de comemorar a vitória.

"Estou ainda desapontado", escreveu Christian. “A Mercedes estava ciente da gravidade do acidente com Max amplamente relatado como tendo sido hospitalizado e necessitando de mais verificações."

"É inimaginável não informar o seu piloto da situação, além de protegê-lo caso ele não mostre a contenção necessária na comemoração, principalmente quando foi em decorrência de um acidente pelo qual foi penalizado."

Horner também não concordou que os comentários que ele e a equipe fizeram após a colisão, criticando Lewis por seu papel no acidente, foram muito agressivos: "Eu gostaria de responder a alguns comentários que vi de Toto, que chamou comentários sobre Hamilton ter causado o acidente de pessoais."

"Acho que a narrativa de que Max estava sendo 'excessivamente agressivo' naquela hora não se justifica. Você só precisa olhar para o fato de que ele tem zero pontos de penalidade em sua licença e não foi considerado culpado de nenhum erro nos últimos anos. O Max Verstappen novato e agressivo de 17 anos, a que Hamilton se refere, não é o Max Verstappen de hoje, assim como ele não é o mesmo de quando entrou no esporte."

“Eu gostaria de deixar isso claro. Este foi um incidente na pista entre dois dos melhores pilotos do mundo. No momento em que você tem um deles no hospital e a extensão das lesões ainda não foi esclarecida, seu carro teve que ser retirado e os comissários penalizaram o considerado responsável, é natural que a emoção entre em campo, por todos os envolvidos, quer você se sinta injustiçado ou vitorioso."

“Ambos são, obviamente, inflexíveis no seu estilo de pilotagem, mas eles são pilotos altamente qualificados com uma grande experiência. A realidade é que Hamilton luta com seu rival em um carro que agora é competitivo, e eu concordo que os dois precisam mostrar respeito um ao outro, mas Lewis foi o agressor no domingo", reforçou.

Voiture accidentée de Max Verstappen

Voiture accidentée de Max Verstappen

Apesar das tensões permanecerem altas entre Red Bull e a Mercedes, Horner disse que espera que o incidente não afete a competição nos circuitos quando a batalha recomeçar no GP da Hungria.

“Budapeste será um desafio diferente para o carro e a equipe. Todos estaremos totalmente motivados para manter a liderança do campeonato”, disse ele.

“Max não se preocupa com nada de Silverstone e quer falar na pista. Ele está determinado a deixar isso para trás e usar como motivação adicional para o resto da temporada, assim como nós", concluiu.

CLIMA DE GUERRA: Max Wilson teme CONSEQUÊNCIA do acidente de Hamilton e Verstappen para F1; entenda

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

PODCAST: Como fica o campeonato após guerra declarada entre Verstappen e Hamilton?

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
F1: Ralf Schumacher diz que Verstappen e Hamilton o lembram Senna e Prost

Artigo anterior

F1: Ralf Schumacher diz que Verstappen e Hamilton o lembram Senna e Prost

Próximo artigo

F1: Rosberg vê “incidente de corrida” entre Hamilton e Verstappen na Inglaterra

F1: Rosberg vê “incidente de corrida” entre Hamilton e Verstappen na Inglaterra
Carregar comentários