F1: Jos Verstappen diz que frustração em Mônaco serviu de combustível para ‘dominação’ de Max em Baku

Pai do atual campeão mundial declara que seu filho foi ‘incendiado’ pelo ocorrido e que o vê mais motivado para a temporada 2022 da Fórmula 1

F1: Jos Verstappen diz que frustração em Mônaco serviu de combustível para ‘dominação’ de Max em Baku
Carregar reprodutor de áudio

Jos Verstappen viu Max obter sua 25ª vitória na carreira em Baku, igualando Jim Clark e Niki Lauda em número de triunfos. O ex-piloto da F1 está orgulhoso de seu filho e pensa que o desempenho do herdeiro foi extremamente forte durante a corrida no Azerbaijão. Ainda assim, segundo o pai do atual campeão, eles tiveram um pouco de sorte.

“Sejamos honestos: tudo saiu muito bem”, declarou Jos em seu site oficial, que também elogiou a estratégia da Ferrari em levar Charles Leclerc aos boxes durante o Virtual Safety Car. “Quando Max entrou nos pits, ele voltou 13 segundos atrás. Depois teve outro VSC e Leclerc poderia ter aproveitado outra vez”, completou.

 

Leia também:


Mas essa oportunidade nunca chegou. O piloto da Ferrari abandonou a corrida após 20 voltas e a Red Bull tomou a dianteira com seus dois competidores, Verstappen e Sergio Perez, que inverteram as posições antes de suas paradas.

“Isso logicamente foi na direção correta para nós. Do contrário, Max poderia ter lutado, mas logo você tem de assumir riscos novamente e ultrapassar, mas não chegamos a isso”, disse.

Durante o GP de Mônaco, Verstappen Pai criticou a estratégia da Red Bull, que rendeu a vitória a Perez e o terceiro lugar para Max. Posteriormente, Verstappen disse que sua jornada de sábado já havia acabado devido à bandeira vermelha no Q3, desencadeada por um incidente de Checo Pérez, o que significou uma coisa para Max Verstappen: competir ainda mais duro.

“Max estava em chamas! Certamente, isso teve a ver com a corrida em Mônaco, mas para ele não importa. Acho que isso foi genial, pois só o motivam a ser melhor. Um Max incendiado é um Max ainda melhor”, revelou Jos.

Ainda que Verstappen lidere o campeonato mundial com uma boa quantidade de pontos, mesmo com os dois abandonos no início da temporada, ainda há margem para melhora. Seu pai pensa que as classificações precisam de progressos.

“Depois do treino classificatório de sábado, vimos certa frustração nele, pois as coisas não vão como gostaria”, disse Jos, que apontou que as corridas seriam mais fáceis para Max se ele largasse em melhores posições. “Isso é mais evidente em circuitos urbanos. Tem menos aderência ali e mais problemas para girar”, prosseguiu.

Embora a Red Bull muitas vezes tenha perdido para a Ferrari na qualificação, a velocidade na corrida é muito melhor. "Em uma corrida longa, os pneus se comportam de forma diferente e o carro fica mais rápido. Max pode lidar com isso bem”, finalizou.

VÍDEO: Como explicar carro de Mick Schumacher partido ao meio em Mônaco?

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações para ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #181 – O que novo carro da F1 tem de melhor e pior até agora?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
F1: Red Bull copia estrutura traseira da Ferrari; saiba mais
Artigo anterior

F1: Red Bull copia estrutura traseira da Ferrari; saiba mais

Próximo artigo

F1: Pilotos apoiam penalizações a quem causar bandeiras amarelas ou vermelhas na classificação

F1: Pilotos apoiam penalizações a quem causar bandeiras amarelas ou vermelhas na classificação