F1: Mazepin revela pedido de desculpas de Hamilton após incidente no TL3

Russo recebeu mensagem do heptacampeão retratando-se de momento em que o fecha; "Muito gentil da parte dele", disse o piloto da Haas

F1: Mazepin revela pedido de desculpas de Hamilton após incidente no TL3
Carregar reprodutor de áudio

Nikita Mazepin não queria que o incidente em no TL3 do GP da Arábia Saudita com Lewis Hamilton impactasse as chances do britânico pelo título da Fórmula 1, dizendo que o piloto da Mercedes se sentia "muito triste" pelo que aconteceu. O russo foi forçado a tomar medidas evasivas em alta velocidade durante os treinos em Jeddah depois de se aproximar do heptacampeão, que estava em uma volta lenta, através da Curva 8, com pontos cegos.

Os comissários investigaram o incidente e deram uma reprimenda a Hamilton, além de multar a Mercedes em 25 mil euros (cerca de R$ 160 mil). Descobriu-se que a escuderia alemã não avisou seu piloto que Mazepin estava chegando a qualquer momento após dar um aviso de dez segundos.

Leia também:

Lewis explicou após a classificação que “não tinha ideia” de onde Nikita estava e que as curvas cegas dificultavam o controle do tráfego nas ruas.

"Ontem, no briefing dos motoristas, eu disse que acho havia potencial para isso, então provavelmente deveríamos manter uma velocidade mínima em todos os lugares, como fizeram nas [curvas] 22 a 27, mas eles só fizeram nessas", disse Hamilton. "Pedi desculpas a Nikita."

Mazepin não se importou com o incidente, dizendo que "não era grande coisa", e revelou que o britânico havia enviado uma mensagem para ele pedindo desculpas.

"Ele ficou muito triste com o que aconteceu e disse que não foi o melhor trabalho feito por eles", comentou o russo. "É muito bom ver a geração experiente e mais velha realmente prestando atenção a essas coisas. Na Fórmula 2 você pode nunca fazer alguém pensar nisso, enquanto na F1 está o heptacampeão mundial. Então isso é muito gentil da parte dele."

Lewis Hamilton, Mercedes W12

Lewis Hamilton, Mercedes W12

Photo by: Zak Mauger / Motorsport Images

Qualquer penalidade além de uma reprimenda poderia ter afetado a batalha pelo título de Hamilton com o rival da Red Bull Max Verstappen, que tem oito pontos de vantagem no topo do campeonato com duas corridas restantes.

Mazepin também minimizou a necessidade de qualquer sanção maior, dizendo que não gostaria que o incidente afetasse as chances de Lewis pelo título.

“Eu realmente gosto dele realmente desejo tudo de melhor em sua luta pelo título", disse o piloto da Haas. Eu não gostaria que ele fosse penalizado por algo que aconteceu comigo."

"Estou no meu primeiro ano na Fórmula 1. Ele provavelmente estava se concentrando nos ajustadores do volante e pensando em como encontrar um tempo de volta para a qualificação. Se o custo foi para eu não completar uma das minhas voltas no TL3, que assim seja."

Informações adicionais de Alex Kalinauckas

F1 AO VIVO: VERSTAPPEN BATE NO FIM E HAMILTON É POLE NO GP DO ARÁBIA SAUDITA; veja ANÁLISE do quali

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #149: Frank Williams é o maior personagem da F1 fora das pistas?

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
F1: Mercedes não sabe motivos sobre bom ritmo da Red Bull em Jeddah
Artigo anterior

F1: Mercedes não sabe motivos sobre bom ritmo da Red Bull em Jeddah

Próximo artigo

F1: Red Bull não troca caixa de câmbio do carro de Verstappen e piloto larga em terceiro no GP da Arábia Saudita

F1: Red Bull não troca caixa de câmbio do carro de Verstappen e piloto larga em terceiro no GP da Arábia Saudita
Carregar comentários