Fórmula 1
04 set
Próximo evento em
22 dias
R
GP da Toscana
11 set
Próximo evento em
29 dias
R
GP de Singapura
17 set
Canceled
R
GP da Rússia
25 set
Próximo evento em
43 dias
R
GP do Japão
08 out
Canceled
R
GP dos Estados Unidos
23 out
Canceled
R
GP do México
30 out
Canceled
R
GP do Brasil
13 nov
Canceled
R
GP de Abu Dhabi
27 nov
Próximo evento em
106 dias

F1: Mercedes atualiza MGU-K de Hamilton por preocupação com confiabilidade

compartilhar
comentários
F1: Mercedes atualiza MGU-K de Hamilton por preocupação com confiabilidade
Por:
31 de jul de 2020 12:19

A Mercedes atualizou o carro do hexacampeão uma semana antes do previsto

A Mercedes de Lewis Hamilton abriu o final de semana de Silverstone com uma novidade. O hexacampeão participou do TL1 para o GP da Grã-Bretanha de Fórmula 1 com um novo MGU-K.

A previsão inicial era que todos os carros com unidades de potência da Mercedes adotassem o novo componente apenas na semana que vem, mas a equipe decidiu dar o MGU-K a Hamilton uma corrida antes, após o aparecimento de "anomalias" pós-GP da Hungria.

Leia também:

A nova versão do componente foi desenvolvida especificamente para lidar com esses problemas potenciais de confiabilidade.

Valtteri Bottas, as Racing Points e as Williams receberão o novo MGU-K apenas na semana que vem, para o GP dos 70 Anos.

Os pilotos podem usar três por temporada porém o momento de troca do componente virou uma questão-chave na temporada 2020 devido a incerteza sobre o número de provas no calendário.

Um porta-voz disse ao Motorsport.com: "É uma mudança por precaução, feita uma corrida antes que o previsto devido a algumas anomalias vistas nos dados da Hungria. É uma versão atualizada do MGU-K por questões de confiabilidade".

O diretor técnico da Mercedes, James Allison alertou após o GP da Hungria que a equipe não pode esquecer da confiabilidade na busca pelo sétimo título consecutivo.

"Acho que ninguém que esteve conosco no primeiro final de semana do ano teria pensado em uma performance dessas da Mercedes a essa altura", disse. "Eles nos viram muito preocupados com o carro e a sua habilidade de terminar uma corrida".

"Todo carro no grid representa uma grande dúvida em todas as voltas, porque são modelos experimentais em diversas formas que podem dar certo ou não, e você pode ficar desapontado por não prever um problema".

"Estamos bem cientes de todas as fragilidades presentes, mesmo em um produto que é muito forte".

Hamilton se tornou o quinto piloto a mudar componentes na unidade de potência em 2020, após Pierre Gasly (V6, turbo, MGU-H, MGU-K, controle de eletrônica), George Russell (V6, turbo, MGU-H), Kevin Magnussen (armazenamento de energia e controle de eletrônica), Alex Albon (controle de eletrônica) e Antonio Giovinazzi (controle de eletrônica).

DIRETO DO PADDOCK: Sergio Pérez fora do GP da Grã-Bretanha; Hamilton e Grosjean fazem as pazes na F1

PODCAST: Bastidores do futuro do GP do Brasil e os ambientes de F1 favoritos de Reginaldo Leme

 

F1: Verstappen surpreende e lidera TL1 em Silverstone marcado pelo retorno de Hulkenberg ao grid

Artigo anterior

F1: Verstappen surpreende e lidera TL1 em Silverstone marcado pelo retorno de Hulkenberg ao grid

Próximo artigo

F1: Pérez deve perder GP dos 70 Anos por normas de quarentena do Reino Unido; entenda

F1: Pérez deve perder GP dos 70 Anos por normas de quarentena do Reino Unido; entenda
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento GP da Grã-Bretanha
Pilotos Lewis Hamilton Compre Agora
Autor Adam Cooper