Fórmula 1
04 set
Próximo evento em
24 dias
R
GP da Toscana
11 set
Próximo evento em
31 dias
R
GP de Singapura
17 set
Canceled
R
GP da Rússia
25 set
Próximo evento em
45 dias
R
GP do Japão
08 out
Canceled
R
GP dos Estados Unidos
23 out
Canceled
R
GP do México
30 out
Canceled
R
GP do Brasil
13 nov
Canceled
R
GP de Abu Dhabi
27 nov
Próximo evento em
108 dias

F1: Pérez deve perder GP dos 70 Anos por normas de quarentena do Reino Unido; entenda

compartilhar
comentários
F1: Pérez deve perder GP dos 70 Anos por normas de quarentena do Reino Unido; entenda
Por:
31 de jul de 2020 12:50

Mexicano terá que seguir o protocolo determinado pelo governo britânico, o que coloca sua participação na semana que vem como dúvida

Sergio Pérez se tornou o primeiro piloto da Fórmula 1 a testar positivo para Covid-19 e, por isso, não participará do GP da Grã-Bretanha em Silverstone neste final de semana.

Após duas semanas de folga depois das provas na Áustria e na Hungria, Pérez se apresentou na quarta no circuito para realizar um novo teste de Covid, cumprindo com a regra de um exame a cada cinco dias, obrigatório para todos os presentes na bolha da F1.

Leia também:

O primeiro resultado deu inconclusivo. Devido a isso, Pérez foi submetido a um segunda exame, que resultou em positivo.

Quais são os próximos passos para Pérez?

Após o resultado positivo, o mexicano terá que cumprir as normas locais para pacientes infectados. O diretor de provas da F1, Michael Masi, explicou em um vídeo qual será o caminho que Pérez terá que passar pelos próximos dias.

"Com relação a Pérez, obviamente as autoridades de saúde do Reino Unido pedem que o paciente entre em um período obrigatório de isolamento", disse Masi. "Durante esse tempo, ele estará em contato com autoridades locais e nacionais de saúde, e tudo será controlado por eles, com o apoio da FIA e da F1, identificando as pessoas que tiveram contato com ele".

O Serviço Nacional de Saúde do Reino Unido (NHS em inglês) estabelece um período de 10 dias de isolamento para casos positivos. A contagem dos dias varia, dependendo da pessoa apresentar ou não sintomas.

Sergio Pérez, Racing Point en la conferencia de prensa

Sergio Pérez, Racing Point en la conferencia de prensa

Photo by: FIA Pool

Segundo as normas, se o paciente apresentar sintomas, a contagem de 10 dias vale a partir do momento que elas se manifestaram. Se for assintomático, os 10 dias valem a partir do dia do exame.

Caso necessário, esse período pode ser ampliado. Se uma pessoa assintomática apresentar algum sintoma durante esses 10 dias, a contagem será reiniciada.

Considerando esses períodos, Pérez dificilmente poderá participar do GP dos 70 Anos, marcado para a próxima semana. Com isso, é bem provável que o mexicano perderá dois GPs em 2020.

Com isso, a próxima aparição do piloto da Racing Point, desde que seu resultado dê negativo, seria no GP da Espanha, em 16 de agosto em Barcelona.

DIRETO DO PADDOCK: Sergio Pérez fora do GP da Grã-Bretanha; Hamilton e Grosjean fazem as pazes na F1

PODCAST: Bastidores do futuro do GP do Brasil e os ambientes de F1 favoritos de Reginaldo Leme

 

F1: Mercedes atualiza MGU-K de Hamilton por preocupação com confiabilidade

Artigo anterior

F1: Mercedes atualiza MGU-K de Hamilton por preocupação com confiabilidade

Próximo artigo

SEXTA-LIVRE: Racing Point e Red Bull se destacam na volta de Hulkenberg à F1 no GP da Grã-Bretanha

SEXTA-LIVRE: Racing Point e Red Bull se destacam na volta de Hulkenberg à F1 no GP da Grã-Bretanha
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento GP da Grã-Bretanha
Autor Luis Ramírez