Análise
Fórmula 1 GP de Singapura

F1: Por que uma tática de 2021 mantém Verstappen confiante em Singapura

Com muitos dos pilotos da frente enfrentando sessões de treinos atribuladas antes do Grande Prêmio de Singapura, a interpretação dos tempos de volta é complicada. Mas, apesar das dificuldades para o líder do campeonato, Max Verstappen, há razões para ele não se sentir muito desanimado depois de sexta-feira

Max Verstappen, Red Bull Racing RB18

Carlos Sainz e Ferrari lideraram na única sessão de treinos que realmente importa para o retorno do Grande Prêmio de Singapura da Fórmula 1, a segunda. Enquanto a Red Bull estava fora do ritmo, mas a Max Verstappen e a equipe não estão preocupados.

Leia também:

A história do dia
No TL1, foi Lewis Hamilton, da Mercedes, que liderou os tempos – o 1m43.033s do britânico foi o primeiro lugar na sessão do crepúsculo, que acontece em condições mais quentes do que o TL2, a classificação e a corrida.

Verstappen marcou a volta mais rápida logo na primeira saída de um fim de semana, mas acabou sendo arrastado de volta para o segundo lugar geral na sessão de abertura.

Isso foi graças ao esforço tardio de Hamilton nos macios logo após o período de bandeira vermelha causado por Lance Stroll, que bateu na curva 5 que leva à reta do primeiro setor. Charles Leclerc liderou a Ferrari para o terceiro lugar na sessão de abertura, mas perdeu quase metade dela enquanto sua equipe corrigia um problema de freio.

No TL2, o tempo de pista perdido de Leclerc continuou aumentando enquanto ele ficava nos boxes até a metade da segunda sessão de uma hora, enquanto a Ferrari trabalhava em seu assoalho, fazendo uma longa mudança de configuração. Mas Verstappen e seu companheiro de equipe, Sergio Pérez, também não correram durante os estágios iniciais – o primeiro teve que esperar que a Red Bull fizesse grandes ajustes na configuração do carro, enquanto o segundo teve um problema no motor que teve que ser corrigido.

Sainz, portanto, foi o único líder a ter um TL2 ‘normal’ – liderando com os pneus médios e depois nos macios para fechar a sessão. Os pilotos da Mercedes fizeram o mesmo, mas perderam tempo para a Ferrari nas grandes freadas das curvas 13 e 14 em cada extremidade da reta principal no segundo setor.

A Red Bull fez Pérez completar trê simulações de classificação, nenhum dos quais chegou perto do melhor tempo de Sainz. Verstappen teve uma chance no final, o que o colocou em terceiro. Mas os diferentes planos de corrida da dupla, com Verstappen perdendo mais tempo com um segundo grande ajuste de configuração no meio do TL2, significaram que o piloto mais forte da Red Bull ao longo de um período de corrida não completou um exercício de coleta de dados de corrida.

Perez sofreu um problema no motor que interrompeu o treino livre dele

Perez sofreu um problema no motor que interrompeu o treino livre dele

Photo by: Simon Galloway / Motorsport Images

Resultados do TL2

1 Sainz Ferrari 1m42.587s  
2 Russell Mercedes 1m42.911s +0.324s
3 Verstappen Red Bull 1m42.926s +0.339s
4 Ocon Alpine 1m43.412s +0.825s
5 Bottas Alfa Romeo 1m43.431s +0.844s
6 Stroll Aston Martin 1m43.982s +1.395s
7 Norris McLaren 1m44.013 +1.426s
8 Magnussen Haas 1m44.422s +1.835s
9 Gasly AlphaTauri 1m44.469s +1.882s
10 Albon Williams 1m45.144s +2.557s

Como Sainz foi o mais rápido na sexta-feira

O principal fator que levou  Sainz para o topo da tabela do TL2 é que ele teve uma sessão limpa e ‘normal’ e Leclerc não. Mas um piloto só pode acertar as circunstâncias apresentadas e Sainz o fez de forma impressionante.

Tendo sentido que o equilíbrio do carro estava ruim no TL1, onde ele estava atrás de Leclerc por 0,703s, Sainz e Ferrari fizeram mudanças importantes que o deixaram muito mais feliz. Sainz foi o único piloto a completar um forte terceiro setor em sua melhor volta de simulação de classificação.

Além disso, uma fonte do Autosport suspeita que os F1-75 da Ferrari podem estar funcionando em um modo de motor mais baixo em comparação com o resto.

Sainz foi o único dos favoritos a ter um dia 'normal'

Sainz foi o único dos favoritos a ter um dia 'normal'

Photo by: Lionel Ng / Motorsport Images

Melhores médias de sequência de voltas

Pos. Equipe Tempo Stint Composto dos pneus
1 Mercedes 1m48.297s 9 voltas Macio
2 Red Bull 1m48.948s 5 voltas Macio
3 Ferrari 1m49.023s 9 voltas Médio
4 Aston Martin 1m49.188s 10 voltas Médio
5 Alpine 1m49.207s 11 voltas Médio
6 Alfa Romeo 1m49.785s 10 voltas Médio
7 McLaren 1m49.786s 4 voltas Macio
8 AlphaTauri 1m50.264s 8 voltas Médio
9 Williams 1m50.356s 12 voltas Médio
10 Haas 1m50.777s 11 voltas Médio

O que as lições do FP2 representam para a primeira corrida em Singapura após três anos
Apesar de ser uma sessão incomum para muitos dos pilotos favoritos para vencer, os tempos das corridas longas do FP2 acima contêm todas as ressalvas usuais em relação às cargas de combustível e modos do motor. Além disso, foi sugerido que o tempo de liderança de Hamilton nos macios foi mais rápido do que realmente foi na realidade, graças ao impacto combinado do tráfego, evolução da pista e degradação dos pneus, em termos da maneira como as equipes calculam o ritmo de corrida.

Mas a Mercedes está, no entanto, confiante de que tem um ritmo de corrida próximo da Red Bull e Ferrari - simplesmente não é capaz de fazê-lo em esforços de uma volta devido aos desníveis da pista. Os dados que o Autosport viu sugerem que os pilotos da Mercedes poderiam rodar mais rápido que Sainz após quatro voltas de suas passagens registradas acima.

Mas este GP pode não acabar sendo decidido da forma usual sobre os comprimentos de corrida e gerenciamento de pneus. Isso ocorre porque a Red Bull e a Ferrari esperam que as ultrapassagens sejam um desafio considerável nas ruas de Singapura.

Verstappen continua otimista antes da corrida de Singapura

Verstappen continua otimista antes da corrida de Singapura

Photo by: Erik Junius

O que eles disseram
Carlos Sainz: “Foi um primeiro dia movimentado. Conseguimos completar o plano de corrida, mas também enfrentamos alguns desafios, principalmente com o acerto e o balanceamento do carro. Não encontramos a janela certa para o TL1, mas conseguimos melhorar a sensação com o carro para o TL2.

“Ainda precisamos fazer algum trabalho e encontrar algum tempo de volta, especialmente nas sequência de voltas. Parece que estamos prontos para uma batalha acirrada no topo, então precisamos tentar maximizar todos os aspectos do fim de semana.”

Max Verstappen: “Acho que começamos muito bem. No TL1, o carro estava funcionando bem. E então no TL2 queríamos experimentar algumas coisas, mas eles demoraram um pouco mais para mudar primeiro e depois quando tentamos outra coisa - novamente, demorou um pouco para mudar. Então, não podíamos correr muito. Mas acho que não é muito representativo do que mostramos no TL2 de longe. Ainda há muito espaço para melhorias.

“Não importa [que a Red Bull não tenha completado um ritmo de corrida longo no TL2]. O mais importante é que você seja rápido em uma volta. Vamos analisar muitas coisas. E fizemos um pouco de longa corrida no TL1, então não acho que será realmente o fim do mundo.”

Faça parte do Clube de Membros do Motorsport.com

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura durante nossos programas. Não perca!

Podcast #197 - Na berlinda, qual será o futuro de Ricciardo e Schumacher?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1: FIA se manifesta após "especulações significativas" sobre Red Bull e Aston Martin, acusadas de desrespeitar teto de gastos
Próximo artigo F1 - Williams: "Quebra do teto de gastos é pior que trapaça na pista"

Principais comentários

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil Brasil