F1: "Não é justo falar que eu e Pérez estávamos igualados no começo de 2023", diz Verstappen

Holandês analisou começo da temporada passada, quando ele e Pérez tiveram dois triunfos cada nos quatro primeiros GPs do ano

Sergio Perez, Red Bull Racing and Max Verstappen, Red Bull Racing

Sergio Perez, Red Bull Racing and Max Verstappen, Red Bull Racing

Mark Sutton / Motorsport Images

Max Verstappen assegura que o começo da temporada 2023 de Sergio Pérez na Fórmula 1, quando o mexicano e o holandês tiveram duas vitórias cada nos quatro primeiros GPs, foi "distorcido".

O holandês começou o ano com o triunfo no GP do Bahrein, com Pérez em segundo, antes de uma inversão de posições na Arábia Saudita. Na Austrália, Verstappen voltou a vencer com Pérez apenas em quinto. Mas, no Azerbaijão, o mexicano saiu com as vitórias na corrida e na sprint.

Leia também:

Em meio a um claro domínio da Red Bull, essas quatro primeiras etapas deixaram Verstappen e Pérez bem próximos no campeonato, com apenas seis pontos separando os dois. Mas, na sequência, o holandês emplacou 17 vitórias nos 18 outros GPs do ano e, por isso, ele não acredita que o companheiro tenha estado realmente próximo no começo do campeonato.

"É preciso pintar o quadro completo", disse o tricampeão à Auto Motor und Sport. "Na Arábia Saudita, eu precisei largar da 15ª posição. O safety car me penalizou ligeiramente em Baku. Assim, do meu ponto de vista, não é de todo justo falar que estávamos igualados. Porque, do meu ponto de vista, não foi assim".

"Ele esteve mais próximo, mas é preciso ter em conta as circunstâncias que levaram a isso. Isso distorceu a impressão até certo ponto".

Sergio Pérez celebra su victoria en Arabia Saudita y Max Verstappen aplaude.

Photo by: Red Bull Content Pool

Sergio Pérez celebra su victoria en Arabia Saudita y Max Verstappen aplaude.

Após esse bom começo de temporada, Pérez começou a ter problemas para tirar o rendimento do RB19, o que se refletiu na conquista de apenas seis pódios nos 18 GPs seguintes. Ele indicou ao longo do ano que o desenvolvimento tirou o carro de seu estilo de pilotagem. Verstappen foi questionado se os engenheiros da Red Bull trabalhavam o carro em torno de suas necessidades.

"Eu coloco meu carro como eu gosto. E o outro piloto faz ao seu gosto. Os engenheiros desenvolvem o carro para que ele fique mais rápido, e não como eu gostaria que ele fosse. O mesmo ocorre com o estilo de pilotagem".

"Qual o seu? Não sei. Eu me adapto às necessidades do carro para torná-lo o mais rápido possível. Essa é a chave para ser um bom piloto de F1: adaptar-se ao que a equipe te dá".

DRUGOVICH e BORTOLETO na mesma equipe de F1? Brasileiros falam sobre 2024 e ALÉM na ASTON e McLAREN

Podcast #263 – Max mais incomodado? Briga pela P2 acirrada? O que esperar da F1 2024?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte do nosso canal no WhatsApp: clique aqui e se junte a nós no aplicativo!

 

Be part of Motorsport community

Join the conversation
Artigo anterior F1: Red Bull não queria que Ricciardo substituísse de Vries na AlphaTauri, diz CEO da equipe italiana
Próximo artigo F1: Simone Resta, diretor técnico da Haas emprestado pela Ferrari, anuncia saída da equipe

Top Comments

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Sign up for free

  • Get quick access to your favorite articles

  • Manage alerts on breaking news and favorite drivers

  • Make your voice heard with article commenting.

Motorsport prime

Discover premium content
Assinar

Edição

Brasil