F1: Simone Resta, diretor técnico da Haas emprestado pela Ferrari, anuncia saída da equipe

Futuro do italiano, no entanto, ainda não foi divulgado

Simone Resta, Designer da Equipe Sauber F1 na Conferência de Imprensa

Simone Resta, Designer da Equipe Sauber F1 na Conferência de Imprensa

Manuel Goria / Motorsport Images

Simone Resta, que trabalhou por muito tempo na Ferrari, se juntou à Haas na Fórmula 1 em 2021, como parte de um acordo mútuo entre a fabricante italiana e sua equipe cliente, anunciou a saída do time norte-americano nesta terça-feira. 

Leia também:

A Ferrari quer 'capitalizar' os laços técnicos mais fortes entre as duas organizações, que têm trabalhado juntas desde que a Haas entrou na categoria em 2016. Resta já havia sido o projetista-chefe da Scuderia entre 2014 e 2018, antes de um curto período como diretor técnico da Alfa Romeo. 

Depois de retornar a Maranello em 2019, ele chefiou o departamento responsável pelo desenvolvimento do chassi antes da mudança para Haas. Mas, apesar do envolvimento de Resta na equipe americana e do compromisso da Ferrari em estabelecer um centro técnico na sua fábrica perto da pista de testes de Fiorano, o time italiano não deu o passo à frente esperado na era do efeito-solo da F1.

No ano passado, apesar da Haas ter demonstrando grande velocidade na classificação, os problemas com os pneus fizeram com que Kevin Magnussen e Nico Hulkenberg lutassem por pontos na corridas e a equipe terminou em 10º lugar no campeonato de construtores.

Contudo, eles tiveram um fim de ano decepcionante, quando uma grande atualização que foi instalada no GP dos Estados Unidos não proporcionou o claro avanço esperado.

Kevin Magnussen, Haas VF-23, leads Nico Hulkenberg, Haas VF-23

Foto de: Andy Hone / Motorsport Images

Kevin Magnussen, Haas VF-23, à frente de Nico Hulkenberg, Haas VF-23

A mudança na filosofia do projeto, que se afastou do conceito de sidepod in-wash que a Ferrari tinha sido pioneira e se aproximou da ideia de downwash da Red Bull, tinha como objetivo resolver o problema da Haas, mas não se mostrou convincente.

Não houve confirmação da Ferrari sobre os planos para Resta, mas é possível que ele seja transferido de volta como parte de um esforço feito pelo chefe de equipe, Fred Vasseur, para reestruturar as coisas.

No entanto, também houve rumores ligando Resta a um possível cargo na equipe Sauber, que está se preparando para a chegada da Audi em 2026, onde ele trabalhou anteriormente sob a bandeira da Alfa Romeo.

DRUGOVICH e BORTOLETO na mesma equipe de F1? Brasileiros falam sobre 2024 e ALÉM na ASTON e McLAREN

Podcast #263 – Max mais incomodado? Briga pela P2 acirrada? O que esperar da F1 2024?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte do nosso canal no WhatsApp: clique aqui e se junte a nós no aplicativo!

Be part of Motorsport community

Join the conversation
Artigo anterior F1: "Não é justo falar que eu e Pérez estávamos igualados no começo de 2023", diz Verstappen
Próximo artigo F1 - Horner "tira o chapéu" para Hamilton pela forma como lidou com derrota de 2021: "Dignidade e respeito"

Top Comments

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Sign up for free

  • Get quick access to your favorite articles

  • Manage alerts on breaking news and favorite drivers

  • Make your voice heard with article commenting.

Motorsport prime

Discover premium content
Assinar

Edição

Brasil