F1: Palco do GP da Austrália nos anos 80 e 90, Circuito de Adelaide pode ser destruído

Pista recebeu Mundial por dez anos e conta com três vitórias de brasileiros, sendo uma de Piquet e duas de Senna

F1: Palco do GP da Austrália nos anos 80 e 90, Circuito de Adelaide pode ser destruído

O famoso circuito de Adelaide, palco do GP da Austrália de Fórmula 1 entre 1985 e 1995 pode ser destruído por conta de uma decisão do conselho municipal. Greg Mackie, conselheiro de Adelaide, está apoiando um grupo de residentes que quer desfazer o espaço.

Segundo Mackie, o asfalto torna o Parque Victoria em uma "ilha de calor urbana" nos meses do verão, com o conselheiro buscando apoio para um novo plano de gerenciamento comunitário para a área.

Leia também:

O Parque é casa para o setor de 1.200 metros do famoso circuito, abrigando ainda a área dos pits, e sua conexão às ruas da cidade criavam o layout completo da pista.

O Conselho de Adelaide analisará o pedido de Mackie ainda nesta semana.

"Estou pedindo à administração que prepare um relatório detalhando os passos para chegar a uma nova solução paisagística que, eventualmente, fornecerá sombra natural para os usuários do parque, agora que as corridas de cavalos e carros chegaram ao fim", disse Mackie ao jornal Adelaide Advertiser.

"Um novo plano pode não chegar à remoção de todas as superfícies, mas esperamos atingir pelo menos uma redução".

O circuito de Adelaide recebeu a F1 entre 1985 e 1995, com três vitórias brasileiras: uma de Nelson Piquet em 1990 e duas de Ayrton Senna, em 1991 e 1993, sua última antes do acidente no GP de San Marino do ano seguinte. Desde 1999, o circuito é palco de uma das etapas do Supercars.

O circuito recebeu o Supercars pela última vez em março de 2020, antes da prova ser cancelada pelo governo local em outubro do ano passado. Peter Malinauskas, líder da oposição, assinou um acordo com a categoria para ressuscitar o evento caso seja eleito no pleito de março do próximo ano.

Porém, este plano já foi complicado com a venda da infraestrutura do circuito, e se a remoção do circuito for levada adiante, complicará ainda mais. Malinauskas criticou o plano de Mackie em uma entrevista à estação de rádio FiveAA.

"O que Greg está criando são ideias estúpidas para retirar a maior atração do Parque Victória. Eu tenho um compromisso claro, assinei um acordo com o Supercars que, se o nosso partido vencer a próxima eleição, traremos a corrida de volta".

"Não faço isso por ser um fã do esporte, faço isso porque acredito nos trabalhos gerados e porque quero ver nossa cidade viva novamente, especialmente após a Covid. Vamos trazê-la de volta se vencermos, então esperamos que a pista siga existindo por isso".

"Levo minhas crianças para andar de bicicleta ali. Estou ensinando meu filho a andar de bicicleta e é o melhor lugar para fazer isso em Adelaide. Há cafés ali que dependem do tráfego de pedestres. É fantástico".

"Acho que Greg precisa passar um sábado de manhã no Parque, vendo o que as pessoas fazem antes de sair destruindo a infraestrutura".

F1 2021: Bottas VENCE, Verstappen é 2º e Hamilton SÓ 5º após PISTOLAR COM MERCEDES; análise do GP | PÓDIO

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #136 – Ju Cerasoli faz raio-X da rivalidade Hamilton X Verstappen de quem acompanha direto do paddock

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
Diretor de provas da F1 explica por que Pérez não foi punido em batalha com Hamilton

Artigo anterior

Diretor de provas da F1 explica por que Pérez não foi punido em batalha com Hamilton

Próximo artigo

F1 - Mercedes: "Temos casca grossa para lidar com frustrações de Hamilton"

F1 - Mercedes: "Temos casca grossa para lidar com frustrações de Hamilton"
Carregar comentários