F1 pensa em tornar obrigatório que equipes coloquem jovens pilotos nos treinos de sexta

Domenicali acredita que isso ajudaria no desenvolvimento dos pilotos e tornaria os GPs mais imprevisíveis

F1 pensa em tornar obrigatório que equipes coloquem jovens pilotos nos treinos de sexta

A direção da Fórmula 1 está planejando conversar com as equipes para modificar o regulamento da categoria, obrigando-as a colocar jovens talentos nos treinos livres de sexta como forma de fomentar a base.

Com a F1 continuamente cortando a quantidade de testes permitidos, além de remover uma hora dos treinos livres de sexta a partir deste ano, há preocupações de que a próxima geração de pilotos chegue à categoria com uma quilometragem muito baixa dos novos carros.

Leia também:

Stefano Domenicali, CEO da F1, disse que está ciente do problema, e acha que não é algo bom a longo prazo para o esporte se os jovens talentos não tiverem a chance de mostrar o que podem fazer ou ganhar experiência.

Falando antes do GP da Itália, que terá a corrida sprint no sábado, o que implica na redução de um treino livre da sexta antes da classificação, Domenicali explicou que uma ideia que a F1 considera é mudar o regulamento para obrigar as equipes a abrirem espaço para os jovens pilotos.

No momento, as equipes tem a opção de colocar um terceiro piloto às sextas, mas nem todas fazem isso.

"Neste final de semana, há apenas uma hora de treino livre e aí vamos direto para a classificação", disse Domenicali.

"Isso força você a se preparar para o GP de modo diferente, com menos dados. Na minha época, lembro que fazíamos testes de 90 mil quilômetros, estávamos nas pistas todos os dias. Hoje, esses quilômetros são feitos em simuladores, com cada vez menos pista para os carros".

"Mas acredito que um dos tópicos que serão discutidos e explorados será o gerenciamento da evolução dos jovens pilotos. Esse é um tópico importante que nos interessa, e é por isso que, em um momento de testes tão apertados, há algumas ideias que vamos discutir nas próximas reuniões com as equipes".

"Particularmente, queremos tornar obrigatória a presença de jovens pilotos nos treinos livres".

Domenicali disse que a ideia de obrigar as equipes a ter pilotos jovens nas sextas traria um benefício dúplo, ajudando os novatos com experiência, além de tornar as corridas mais imprevisíveis ao restringir o tempo de treino para pilotos estabelecidos.

"Isso dará às equipes menos tempo para tentar coisas novas para as corridas, tornando os eventos ainda mais emocionantes. Mas isso dará também os jovens a oportunidade de testar em um contexto dinâmico e competitivo. Estamos falando disso porque é importante para toda a cadeia da F1".

A mudança em potencial do regulamento deve ser discutida na próxima reunião da Comissão da F1, marcada para o mês de outubro.

F1 2021: Mercedes FAVORITA na Itália? Rico Penteado explica chance de Hamilton voltar a ser LÍDER | TELEMETRIA

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

PODCAST - Bottas: piloto que deixou a desejar ou talento 'sacrificado'?

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
F1 - Steiner: "Schumacher e Mazepin são rivais por não terem mais ninguém para disputar"
Artigo anterior

F1 - Steiner: "Schumacher e Mazepin são rivais por não terem mais ninguém para disputar"

Próximo artigo

F1: Hulkenberg não vê chances de retorno à categoria em 2022

F1: Hulkenberg não vê chances de retorno à categoria em 2022
Carregar comentários