F1: Pilotos da F1 pediram à FIA para limpar a primeira curva de Miami

Carlos Sainz, da Ferrari, disse que os pilotos da F1 pediram à FIA que limpe a primeira curva da pista do GP de Miami para reduzir o risco de um acidente na largada

F1: Pilotos da F1 pediram à FIA para limpar a primeira curva de Miami
Carregar reprodutor de áudio

A crítica tem sido significativa de muitos dos pilotos que competem na primeira corrida da Fórmula 1, deste fim de semana, no Autódromo Internacional de Miami, em relação à baixa aderência do novo circuito. 

Na segunda sessão de treinos do evento, Sergio Perez e Sebastian Vettel rodaram e houve três quedas que causaram bandeira vermelha, além dos erros em todo o pelotão na qualificação.

Leia também:

Os pilotos atribuem isso a uma considerável falta de aderência fora do traçado principal. A chuva fina que teve nesse sábado em Miami preocupou Sainz, que largará em segundo no grid ao lado de seu companheiro de equipe na Ferrari, Charles Leclerc.

O espanhol disse que "fora da linha parece que está molhado" na curva 1 e, portanto, os pilotos pediram à FIA para garantir que a pista não tenha nenhum detrito restante.  

"No início, pode ser muito complicado nessa linha interna e na linha externa da curva 1", disse Sainz na coletiva de imprensa pós-qualificação. 

"Pedimos à FIA para garantir que a pista esteja o mais limpa possível para essa largada, porque pudemos ver erros vindos de pilotos que realmente não têm culpa disso. 

“Porque é basicamente como dirigir em uma linha seca e sair da linha parece que está molhado – então precisamos de um pouco de ajuda da direção da corrida para gente”.

Carlos Sainz, Ferrari F1-75

Carlos Sainz, Ferrari F1-75

Photo by: Jerry Andre / Motorsport Images

O Motorsport.com entende que, embora a FIA reconheça o pedido dos pilotos para limpar a curva 1, não planeja realizar nenhuma varredura ou limpeza adicional na pista, pois todo o circuito é varrido antes de cada nova sessão.

 Sainz também foi questionado sobre o desafio de ultrapassagem na pista de Miami, que tem várias longas retas e três zonas DRS. 

Embora Sainz pense que "é possível ultrapassar com todas essas três longas retas", ele está preocupado que a aderência fora do traçado principal impeça os pilotos de tentar movimentos no limite. 

"Todos os pilotos reclamaram da falta de aderência que existe off-line", continuou ele.   

A saída dos boxes de Miami, que entra na curva 2, pode se tornar um fator chave na corrida de domingo, já que os pilotos tentarão seguir uma linha de baixa aderência com pneus frios, potencialmente correndo com outros carros lado a lado.

O chefe de desempenho de veículos da Williams, Dave Robson, diz que os pilotos terão que "aceitar a falta de aderência" inicial. Mas ele sugeriu que a falta de aderência na saída dos boxes "será interessante". 

"Com os carros saindo do pitlane", ele continuou, "é complicado se você estiver pilotando um carro. Toda essa área será interessante para algumas batalhas lado a lado.” 

F1 AO VIVO: Merc LUTA por reação, RBR enfrenta PROBLEMAS do TL2 e Ferrari mantém favoritismo | Q4

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações para ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

PODCAST - Russell surpreende e lidera em Miami; Verstappen com problemas e Sainz bate 

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
F1: Pilotos debatem melhorias para chicane "Mickey Mouse" de Miami
Artigo anterior

F1: Pilotos debatem melhorias para chicane "Mickey Mouse" de Miami

Próximo artigo

F1: Organização do GP de Miami está disposta a modificar pista para torná-la "a melhor possível"

F1: Organização do GP de Miami está disposta a modificar pista para torná-la "a melhor possível"