F1: Pilotos defendem que sprint seja evento independente, sem influenciar GP do domingo

Pilotos acreditam que isso ajudaria a criar uma corrida mais emocionante, com ninguém tendo que segurar o ritmo para evitar danos ao GP

F1: Pilotos defendem que sprint seja evento independente, sem influenciar GP do domingo
Carregar reprodutor de áudio

Neste fim de semana, a Fórmula 1 realiza a primeira corrida sprint de 2022, durante o GP da Emilia Romagna em Ímola. E os pilotos se mostraram à favor de novas modificações ao formato da prova de sábado, especialmente pedindo que ela seja algo independente, sem ter o poder de decidir o grid de largada do domingo.

Após três eventos de teste em 2021 em Silverstone, Monza e Interlagos, as provas de 2022 serão realizadas em Ímola, no Red Bull Ring e com o Brasil sendo mantido. Algumas modificações foram feitas no formato, como a troca do nome "classificação sprint" para apenas "sprint", a pontuação do primeiro ao oitavo, e a retirada do título de pole position para o vencedor da corrida de sábado.

Leia também:

Apesar das atualizações, as críticas segue, já que o resultado da sprint determina o grid para o GP do domingo, fazendo com que os pilotos sejam extremamente cautelosos nas disputas. Segundo apurado pelo Motorsport.com, a F1 considera transformar a sprint em algo independente para 2023.

Isso poderia resultar na classificação da sexta determinar o grid tanto do sábado quanto do domingo, com a sprint tendo como função única a distribuição de pontos para o campeonato.

Atual líder do campeonato, Charles Leclerc, apoiou a proposta: "Isso pode ser algo bom. Nos incentivaria a correr um pouco mais de riscos durante a sprint sem muitas perdas para o domingo caso você cometa um risco".

"Isso pode acrescentar a emoção para o sábado. Pode ser uma ideia muito boa".

Valtteri Bottas, Mercedes, 1st position, on the podium after the Sprint

Valtteri Bottas, Mercedes, 1st position, on the podium after the Sprint

Photo by: Andy Hone / Motorsport Images

Antes da sprint no GP da Itália do ano passado, o diretor esportivo da F1, Ross Brawn, já havia mencionado a ideia de tornar a corrida de sábado em um evento independente.

Kevin Magnussen, que disputará sua primeira sprint neste fim de semana com a Haas, também apoiou a ideia da classificação da sexta definir ambos os grids.

"Acho que a ideia da classificação é uma boa sugestão. Se a sessão da sexta garantir a posição do domingo e da sprint pode ser divertido. Você acrescenta outro ponto ao espetáculo do fim de semana, pode pode ir com tudo na sprint".

O piloto da Haas acrescentou que o formato atual coloca os pilotos em uma "mentalidade complicada", já que eles escolhem entre lutar por posições na pista, mas correndo o risco de baterem e serem forçados a largar do fundo no domingo.

Mas Lance Stroll deixou clara sua preferência pela manutenção do formato atual, citando os benefícios do balanço entre risco e recompensa.

"Gosto como é. Há pontos e risco / recompensa. Acho que essa é a ideia por trás da sprint, tornar interessante para os fãs. Acho que é legal ver pilotos que estão mais atrás lutando por posições no domingo".

"E se você está saindo na frente, pode não gostar muito. Mas é como as coisas são. Não gostaria de ver isso mudando. Acho que se é para termos uma sprint, que seja uma que coloque certa pressão no domingo".

VÍDEO: O assoalho é a parte mais importante do carro de 2022 da Fórmula 1?

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações para ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #175 - TELEMETRIA: Quem pode parar a Ferrari em Ímola? Rico Penteado responde

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
F1 AO VIVO: Acompanhe o TL1 para o GP da Emilia Romagna em Ímola em Tempo Real
Artigo anterior

F1 AO VIVO: Acompanhe o TL1 para o GP da Emilia Romagna em Ímola em Tempo Real

Próximo artigo

F1: Ferrari e Alpine trocam motores de Sainz e Ocon para GP em Ímola

F1: Ferrari e Alpine trocam motores de Sainz e Ocon para GP em Ímola