F1: Pirelli admite que pneus poderão superaquecer mais vezes em 2020

compartilhar
comentários
F1: Pirelli admite que pneus poderão superaquecer mais vezes em 2020
Por:

Mario Isola, chefe da Pirelli, afirmou que as equipes de F1 podem enfrentar mais problemas de superaquecimento dos pneus

Depois das equipes rejeitarem, por unanimidade, a nova especificação de pneus que a Pirelli propôs para esta temporada no final do ano passado, foi acordado que a F1 continuaria a utilizar o modelo de 2019.

Embora as regras técnicas do campeonato tenham se mantido, os carros devem ficar mais rápidos à medida que as equipes desenvolvem e melhoram seus projetos.

Leia também:

A Pirelli aumentará os requisitos de pressão dos pneus para 2020 e tentar equilibrar os níveis de energia, no que o diretor esportivo da companhia, Mario Isola, diz ser "a única ferramenta" que a fabricante tem disponível.

"Em uma condição de regulamentos já existentes, a taxa de desenvolvimento será de 1 a 1.5s por volta", disse Isola ao Motorsport.com.

"Isso significa um pouco mais de downforce, mais potência. Provavelmente, se tivermos que prever algo, podemos ter mais superaquecimento, talvez.”

"Isso pode acontecer por causa da energia adicional que exige do pneu.”

Isola também disse esperar que as equipes "tenham menos problemas com o aquecimento dos pneus" na próxima temporada.

"Se você se lembrar no início da temporada de 2019, algumas equipes estavam reclamando do aquecimento e, em algumas ocasiões, era um pouco difícil esquentá-los.”

"Isso não será um problema para este ano. Eles conhecem os pneus, então a vantagem em relação ao ano passado é que não há curva de aprendizado."

Confira o raio-x da temporada 2019 da F1

Galeria
Lista

1º Lewis Hamilton: 413 pontos, 11 vitórias, 17 pódios, 5 poles, 6 voltas mais rápidas e 511 voltas lideradas

1º Lewis Hamilton: 413 pontos, 11 vitórias, 17 pódios, 5 poles, 6 voltas mais rápidas e 511 voltas lideradas
1/20

Foto de: Glenn Dunbar / Motorsport Images

2º Valtteri Bottas: 326 pontos, 4 vitórias, 15 pódios, 5 poles, 3 voltas mais rápidas e 185 voltas lideradas

2º Valtteri Bottas: 326 pontos, 4 vitórias, 15 pódios, 5 poles, 3 voltas mais rápidas e 185 voltas lideradas
2/20

Foto de: Mark Sutton / Motorsport Images

3º Max Verstappen, 278 pontos, 3 vitórias, 9 pódios, 2 poles, 3 voltas mais rápidas e 156 voltas lideradas

3º Max Verstappen, 278 pontos, 3 vitórias, 9 pódios, 2 poles, 3 voltas mais rápidas e 156 voltas lideradas
3/20

Foto de: Andy Hone / Motorsport Images

4º Charles Leclerc: 264 pontos, 2 vitórias, 10 pódios, 7 poles, 4 voltas mais rápidas e 246 voltas lideradas

4º Charles Leclerc: 264 pontos, 2 vitórias, 10 pódios, 7 poles, 4 voltas mais rápidas e 246 voltas lideradas
4/20

Foto de: Alessio Morgese / Luca Rossini

5º Sebastian Vettel: 240 pontos, 1 vitória, 9 pódios, 2 poles, 2 voltas mais rápidas e 160 voltas lideradas

5º Sebastian Vettel: 240 pontos, 1 vitória, 9 pódios, 2 poles, 2 voltas mais rápidas e 160 voltas lideradas
5/20

Foto de: Sam Bloxham / Motorsport Images

6º Carlos Sainz Jr: 96 pontos, 1 pódio (3º no Brasil)

6º Carlos Sainz Jr: 96 pontos, 1 pódio (3º no Brasil)
6/20

Foto de: Zak Mauger / Motorsport Images

7º Pierre Gasly: 95 pontos, 1 pódio (2º no Brasil) e 2 voltas mais rápidas

7º Pierre Gasly: 95 pontos, 1 pódio (2º no Brasil) e 2 voltas mais rápidas
7/20

Foto de: Andy Hone / Motorsport Images

8º Alex Albon: 92 pontos, 4º lugar (Japão)

8º Alex Albon: 92 pontos, 4º lugar (Japão)
8/20

Foto de: Tomohiro Yoshita

9º Daniel Ricciardo: 54 pontos, 4º lugar (Itália)

9º Daniel Ricciardo: 54 pontos, 4º lugar (Itália)
9/20

Foto de: Zak Mauger / Motorsport Images

10º Sergio Perez: 52 pontos, 6º lugar (Azerbaijão e Bélgica)

10º Sergio Perez: 52 pontos, 6º lugar (Azerbaijão e Bélgica)
10/20

Foto de: Erik Junius

11º Lando Norris: 49 pontos, 6º lugar (Bahrein e Áustria)

11º Lando Norris: 49 pontos, 6º lugar (Bahrein e Áustria)
11/20

Foto de: Steven Tee / Motorsport Images

12º Kimi Raikkonen: 43 pontos, 4º lugar (Brasil)

12º Kimi Raikkonen: 43 pontos, 4º lugar (Brasil)
12/20

Foto de: Jerry Andre / Motorsport Images

13º Daniil Kvyat: 37 pontos, 1 pódio (3º na Alemanha)

13º Daniil Kvyat: 37 pontos, 1 pódio (3º na Alemanha)
13/20

Foto de: Andy Hone / Motorsport Images

14º Nico Hulkenberg: 37 pontos, 5º lugar (Itália)

14º Nico Hulkenberg: 37 pontos, 5º lugar (Itália)
14/20

Foto de: Mark Sutton / Motorsport Images

15º Lance Stroll: 21 pontos, 4º lugar (Alemanha)

15º Lance Stroll: 21 pontos, 4º lugar (Alemanha)
15/20

Foto de: Jerry Andre / Motorsport Images

16º Kevin Magnussen: 20 pontos, 6º lugar (Austrália) e 1 volta mais rápida em Singapura

16º Kevin Magnussen: 20 pontos, 6º lugar (Austrália) e 1 volta mais rápida em Singapura
16/20

Foto de: Andy Hone / Motorsport Images

17º Antonio Giovinazzi: 14 pontos, 5º lugar (Brasil) e 4 voltas lideradas (Singapura)

17º Antonio Giovinazzi: 14 pontos, 5º lugar (Brasil) e 4 voltas lideradas (Singapura)
17/20

Foto de: Andy Hone / Motorsport Images

18º Romain Grosjean: 8 pontos, 7º lugar (Alemanha)

18º Romain Grosjean: 8 pontos, 7º lugar (Alemanha)
18/20

Foto de: Andy Hone / Motorsport Images

19º Robert Kubica: 1 ponto, 10º lugar (Alemanha)

19º Robert Kubica: 1 ponto, 10º lugar (Alemanha)
19/20

Foto de: Andy Hone / Motorsport Images

20º George Russell: 0 ponto, mas superou o companheiro em todas as classificações

20º George Russell: 0 ponto, mas superou o companheiro em todas as classificações
20/20

Foto de: Glenn Dunbar / Motorsport Images

Sem definir futuro na F1, chefe da Renault aposta em novas regras

Artigo anterior

Sem definir futuro na F1, chefe da Renault aposta em novas regras

Próximo artigo

Pérez diz que não ficará na F1 por muito tempo se resultados não melhorarem

Pérez diz que não ficará na F1 por muito tempo se resultados não melhorarem
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Autor Alex Kalinauckas