F1: Por que Mick Schumacher pode substituir Hamilton na Mercedes

Jovem alemão também é especulado na Audi, que entrará na F1 em 2026 através da aquisição da Sauber; saiba mais

Mick Schumacher, Mercedes Reserve Driver

Após perder a 'queda de braço' para o compatriota Nico Hulkenberg na briga pela vaga na Haas para a Fórmula 1 2023, o alemão Mick Schumacher foi contratado pela Mercedes para ser reserva dos britânicos Lewis Hamilton e George Russell.

O editor recomenda:

E, na visão de Ralf Schumacher, tio de Mick e irmão de Michael, o jovem germânico pode substituir Hamilton como titular das Flechas de Prata na elite global do esporte a motor. É o que disse o ex-piloto da categoria máxima do automobilismo mundial ao Sport1.de.

“É uma grande oportunidade para Mick. Vai poder observar e trabalhar com uma equipe de ponta, aprender muito. E, embora Lewis ainda seja um piloto de ponta absoluto, não é mais o mais jovem, então nunca se sabe”, disse o alemão, que passou por Jordan, Williams e Toyota entre 1997 e 2007.

Ralf falou ainda sobre a possibilidade de Mick ir para a Audi, que entrará oficialmente na F1 em 2026, quando a categoria terá um novo regulamento de motores, a partir da aquisição da Sauber, atual Alfa Romeo. 

Mick Schumacher e Ralf Schumacher

Mick Schumacher e Ralf Schumacher

Photo by: Andy Hone / Motorsport Images

“A Audi definitivamente faria muito sentido. Para Mick e para a Audi, mas algo também pode acontecer na Mercedes”, afirmou Schumacher. Ele, porém, reiterou a possibilidade de o sobrinho virar titular das Flechas de Prata antes de 2026.

“Vamos supor que George seja mais rápido que Lewis novamente. Ele (Hamilton) vai continuar? Isso será emocionante. Mas Lewis tem tanto crédito com a Mercedes que ele mesmo pode decidir", ponderou.

"De qualquer forma, o dinheiro não terá importância para ele. Ele tem mais do que o suficiente disso. O fator decisivo será quem se adapta melhor ao novo carro”, completou Ralf Schumacher, cujo irmão Michael correu pela Mercedes ao lado do alemão Nico Rosberg de 2010 a 2012.

Bastidores da possível 'volta' da Honda à Fórmula 1, como montadora ou até time próprio

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação sobre o esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives muito especiais, além de ter preferência de leitura dos seus comentários durante os nossos programas. Não perca tempo e assine já!

Podcast Motorsport.com debate os pilotos destacados da F1 2022; ouça já!

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1: O dia em que um futuro campeão da F1 bateu uma lenda de Le Mans
Próximo artigo Hamilton à frente de Russell e Albon 8º: o top 10 de 2022 eleito pelos próprios pilotos da F1

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil