F1: Rosberg alerta Russell e diz que Hamilton 'odeia' perder para companheiro de equipe

Ex-companheiro do heptacampeão mundial, alemão destaca desempenho de Russell até aqui, mas afirma que isso pode servir de motivação para Hamilton

F1: Rosberg alerta Russell e diz que Hamilton 'odeia' perder para companheiro de equipe
Carregar reprodutor de áudio

Campeão mundial de 2016, Nico Rosberg destaca o “excelente” desempenho de George Russell. Mas ao elogiar a performance do piloto da Mercedes, o alemão ressaltou que Lewis Hamilton não gosta de perder para companheiro de equipe e está mais motivado do que nunca.

Rosberg foi colega de equipe de Hamilton na Mercedes entre 2013 e 2016. No início, havia uma excelente atmosfera na equipe, mas a amizade desapareceu depois que ambos os pilotos começaram a lutar um contra o outro pelo título mundial.

Em 2016, Rosberg realizou seu sonho e conquistou seu primeiro e, eventualmente, único título da Fórmula 1. Poucos dias depois de sua excelente performance, ele decidiu pendurar o capacete - sabe muito bem como Hamilton reage às perdas.

Atualmente, Russell tem a vantagem sobre Hamilton. No campeonato, o recém-chegado à Mercedes terminou à frente do heptacampeão mundial e em sete dos nove GPs. "George está fazendo um excelente trabalho. Ele lida bem com um carro complicado. É consistente, pilota muito e tira o máximo dele. Ele é brilhante", disse Rosberg à Sky Sports.

O alemão ressaltou a classificação do GP do Canadá, no qual Russell havia sido mais rápido no Q1 e Q2, mas preferiu ousar com os slicks, visando a pole position, não só bater Hamilton. "Normalmente se pensa: 'Tudo bem, vamos com segurança e ir para um quarto ou quinto'. Mas não. Ele foi para um 'eu vou para slicks, eu só me importo com a pole position'. Eu acho que isso é grandioso”, declarou.

Ainda assim, Rosberg argumenta que Russell deve estar atento a Hamilton. O sete vezes campeão mundial pode ainda não ser capaz de lidar bem com a W13, mas mostrou seu talento novamente no Canadá.

"Lewis está em alta forma. A temporada dele é incrivelmente infeliz por enquanto, com todos os tipos de coisas se voltando contra ele. Este foi um fim de semana normal e imediatamente ele andou de uma maneira brilhante", falou o alemão.

Rosberg elogia a atuação da Mercedes com relação ao gerenciamento dos seus pilotos, mas sabe que Hamilton certamente não quer perder para Russell. "Nenhum deles comete erros. Lewis só odeia terminar atrás de seu companheiro de equipe. Ele está muito motivado e se esforça até o limite”, revelou.

De acordo com o campeão mundial de 2016, vencer em Silverstone não deve ser possível para a Mercedes. "O carro está bem montado. Amei como George passou um carro atrás do outro no hairpin. Progressos estão sendo feitos, mas Ferrari e Red Bull ainda estão fora de alcance. Pelo menos eles não vão ganhar em Silverstone, eles estão muito longe”, encerrou.

BASTIDORES no Canadá tiveram XILIQUE “TEATRAL”, ACUSAÇÕES e polícia com CÃES FAREJADORES na RBR

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações para ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #183 - O que Alonso poderia fazer hoje em carro de ponta da F1?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
F1: Verstappen vê Ferrari mais rápida e diz que Red Bull ainda "precisa melhorar"
Artigo anterior

F1: Verstappen vê Ferrari mais rápida e diz que Red Bull ainda "precisa melhorar"

Próximo artigo

F1: Pérez revela que acidente no Canadá causou lesão no pescoço

F1: Pérez revela que acidente no Canadá causou lesão no pescoço