F1: Russell revela que não sofreu com porpoising no GP do Canadá

Um dos que mais se queixaram com as quicadas na temporada, britânico admite alguns saltos, mas que estes não foram causados pelo porpoising

F1: Russell revela que não sofreu com porpoising no GP do Canadá
Carregar reprodutor de áudio

Apesar de perder o duelo interno da Mercedes para Lewis Hamilton, George Russell mantém sua “invencibilidade” no Top 5 e segue sendo o único piloto no ano a terminar sempre entre os cinco melhores na temporada. Largando de oitavo e fechando em quarto no GP do Canadá, o britânico destacou que não sofreu com o porposing nessa corrida.

Russell admitiu ter sofrido com algumas quicadas, mas atribuiu essa questão à pista ondulada de Montreal, não ao famigerado efeito na Fórmula 1.

O editor recomenda:

“Nosso ritmo foi muito forte no segundo e no stint final após a relargada. Eu não consegui tirar o melhor dos pneus para entrar na briga, então foi uma pena ter ficado um pouco atrás e não ter participado da luta. Mas, no entanto, o P4 nos dá bons pontos e é bom ver a Mercedes de volta ao pódio”, disse.

“A pista estava ondulada, com bastante bump, mas não era porpoising, apenas ondulações nas retas que faziam bater no chão. Então, vamos ter uma boa noite de sono hoje", completou.

Porém, Russell deixa claro que questão do porpoising está longe de estar resolvida. “Não, eu acho que foram muitos fatores diferentes. O vento foi um deles, as ondulações foram outros. As revisões da FIA não estiveram em prática nesse final de semana, apenas o ângulo não nos permitiu bater no chão, mas a questão global está longe de acabar”, destacou.

Sobre a corrida, Russell não acha que conseguiria mais do que o quarto posto. “Saí confiante de que poderíamos passar pela Haas e Alpine, então a preocupação era com o Leclerc e Checo pudessem nos passar, mas, felizmente, eles ficaram atrás. Em última análise, nosso ritmo de corrida esteve mais próximo da Ferrari e da Red Bull do que nas demais etapas da temporada”, apontou.

“É mais fácil falar depois da corrida, provavelmente eu gostaria de ter parada no último VSC, mas acho que isso não teria mudado meu resultado final”, finalizou.

F1 AO VIVO: Verstappen SEGURA Sainz para vencer no Canadá, com Lewis 3º; veja DEBATE sobre Montreal

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações para ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

PODCAST: Qual maior adversário ao bi de Verstappen: Pérez, Leclerc ou confiabilidade da Red Bull?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
F1 - Alonso: Problema no motor me obrigou a correr como "kamikaze" nas curvas
Artigo anterior

F1 - Alonso: Problema no motor me obrigou a correr como "kamikaze" nas curvas

Próximo artigo

F1: Alonso é punido em 5 segundos e cai para nona posição no Canadá

F1: Alonso é punido em 5 segundos e cai para nona posição no Canadá