F1: Steiner pontua motivos para não ter renovado com Schumacher

Necessidade da equipe em crescer de maneira rápida fez com que Guenther optasse pela troca de pilotos

Guenther Steiner, Team Principal, Haas F1, Mick Schumacher, Haas F1

A Haas anunciou na semana passada que Nico Hulkenberg, após vários anos fora do grid, completará seu line-up em 2023. Seu anúncio não foi uma surpresa para ninguém, já que os rumores começaram a se espalhar antes que o paddock viajasse para Abu Dhabi para o último fim de semana de Fórmula 1 da temporada.

Leia também:

Conversando com o podcast oficial da Fórmula 1, o Beyond the Grid, Guenther Steinter chefe da equipe norte-americana foi questionado sobre os motivos que o levaram a não renovar com Mick Schumacher para o próximo ano.

"A decisão foi tomada analisando o que é melhor para a equipe voltar para onde queremos. Mick pode ser um bom piloto, ele já é um bom piloto, mas pode melhorar", disse ele. "Mas quanto tempo levaríamos? Porque ele está crescendo conosco, então ele não pode nos fazer crescer. É melhor pegar um piloto experiente para que a equipe cresça mais rápido."

"Conhecíamos Nico [Hulkenberg], tínhamos tido algumas conversas em anos anteriores e ele nunca chegou a trabalhar conosco, então obviamente havia respeito. Ele estava no mercado, mas não pilota em tempo integral há três anos, [então nos perguntamos], ele pode fazer isso"?

Guenther Steiner, Team Principal, Haas F1

Guenther Steiner, Team Principal, Haas F1

Photo by: Sam Bloxham / Motorsport Images

"Ele participou de duas corridas [com Aston Martin] este ano e se saiu muito bem. Avaliamos o que é melhor para a equipe e, no final, vimos que é melhor conseguir um piloto experiente para que a equipe suba mais rápido. Porque é disso que se trata uma equipe de Fórmula 1: você precisa ir rápido, senão perde o impulso e fica para trás", disse Steiner.

Mas Mick Schumacher ainda tem uma chance de continuar na categoria, pois a Mercedes parece estar aberta para negociar com o piloto alemão sobre um papel de piloto reserva para a próxima temporada. O chefe da equipe alemã, Toto Wolff já foi questionado sobre a possibilidade de Mick entrar como terceiro piloto, e ele respondeu:

"Não vou esconder o fato de que a família Schumacher faz parte da Mercedes e que valorizamos Mick como pessoa e como piloto."

Como a linha de pilotos para a próxima temporada está atualmente se esgotando, e depois que a Red Bull assinou com o australiano Daniel Ricciardo como piloto reserva, a Mercedes terá que se decidir no tempo restante antes das férias de inverno.

 

VÍDEO: Ricciardo será sombra para Pérez na Red Bull?

Faça parte do Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura de comentários durante nossos programas. Não perca, assine já!

Podcast Motorsport.com debate 'treta' entre Verstappen e Pérez no GP de São Paulo

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1: Marko revela conversa com Vettel sobre possível cargo na direção da Red Bull
Próximo artigo F1: Verstappen enfatiza que Ricciardo não deveria ter deixado Red Bull em 2018

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil