Fórmula 1 GP de São Paulo

F1: Verstappen diz ter "seus motivos" para não devolver posição a Pérez em Interlagos

Em resposta, mexicano diz não saber do que holandês está falando, e que está desapontado com o companheiro de equipe

Max Verstappen, Red Bull Racing

A vitória do GP de São Paulo de Fórmula 1 é de George Russell, mas o assunto que domina o paddock após a corrida é a treta escancarada entre Max Verstappen e Sergio Pérez na Red Bull. E o holandês falou mais sobre o polêmico rádio após a linha de chegada, onde disse que já havia dito à equipe porque não ajudaria o mexicano.

Segundo Verstappen, ele tem "suas razões" para não dar a posição de volta a Pérez, ignorando ordens diretas da equipe.

Leia também:

Verstappen passou Pérez pela sexta posição após a relargada na reta final, e foi dito para tentar passar Fernando Alonso e Charles Leclerc na pista. Mas Pérez foi informado pelo rádio que, caso o holandês não conquistasse as posições, ele devolveria a colocação para ajudá-lo a conquistar o vice no Mundial de Pilotos.

Mas, na volta final, Verstappen foi informado para devolver a posição para Pérez, ignorando a ordem e cruzando a linha de chegada quatro segundos à frente. Pelo rádio, ele disse: "Já falei para vocês na última vez, não me peçam mais isso, ok? Estamos claros? Já dei meus motivos e os defendo".

Pérez disparou contra Verstappen pelo rádio, dizendo ao seu engenheiro que o holandês "mostrou quem ele realmente é". Com os resultados do dia, ele chega à etapa final em Abu Dhabi empatado com Leclerc na segunda posição.

Falando com a imprensa após a corrida, Verstappen foi questionado sobre a decisão de ignorar as ordens da equipe, revelando ter suas razões para isso e que já discutiu o assunto com a equipe.

"Bem, tenho meus motivos para isso. Já discutimos isso e acho que foi melhor sentar e conversar sobre isso, para seguirmos adiante. Certamente, se chegarmos em Abu Dhabi e ele precisar dos pontos, porque eles estão empatados, não é o fim do mundo, é tudo sobre quem termina à frente. Se ele precisar de ajuda, eu estarei ali".

"Mas é bom que tenhamos falado sobre isso agora, resolvendo isso, explicando porque eu não fiz isso".

Pérez também falou com alguns veículos de imprensa após a corrida sobre o seu papel na conquista dos títulos de Verstappen. Em Abu Dhabi no ano passado, Pérez segurou Lewis Hamilton por várias voltas para ajudar o holandês em sua eventual conquista do título, a qual ele creditou o mexicano.

O mexicano, por sua vez, disse "não ter ideia" das razões ditas por Verstappen: "Talvez seja melhor perguntar para ele. Mas sim, nada mais a dizer. Após tudo que eu fiz por ele, é desapontador, para ser honesto. Estou surpreso".

Faça parte do Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura de comentários durante nossos programas. Não perca, assine já!

Podcast Motorsport.com debate 'valor real' do GP no Brasil para a F1; ouça já

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1: Marko tenta 'jogar panos quentes' na treta entre Verstappen e Pérez
Próximo artigo F1 - Hamilton 'debocha' de duelo com Verstappen: "Sabem como é com Max..."

Principais comentários

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil Brasil