Relato de classificação
Fórmula 1 GP da Bélgica

F1: Verstappen é o mais rápido, mas Sainz fica com a pole para o GP da Bélgica

Devido às várias trocas nos componentes da unidade de potência, grid definitivo do domingo será bem diferente do resultado de pista

Carlos Sainz, Ferrari F1-75, Esteban Ocon, Alpine A522

A primeira corrida da Fórmula 1 após o fim da pausa de verão terá Carlos Sainz na pole position. Max Verstappen foi o mais rápido, mas como terá que pagar a punição pela troca de motor, a posição de honra no GP da Bélgica em Spa-Francorchamps ficou com o piloto da Ferrari, tendo a companhia de Sergio Pérez na primeira fila.

Aplicando as punições, teremos a seguinte ordem no top 10: Carlos Sainz, Sergio Pérez, Fernando Alonso, Lewis Hamilton, George Russell, Alexander Albon, Daniel Ricciardo, Pierre Gasly, Lance Stroll e Sebastian Vettel. Já entre os pilotos punidos, Max Verstappen será o melhor colocado, saindo de 15º, à frente de Charles Leclerc, Esteban Ocon e Lando Norris.

Leia também:
 

Vale lembrar que o resultado da classificação na pista não é necessariamente o que teremos amanhã na pista. Seis pilotos trocaram componentes da unidade de potência suficientes para receberem a punição de largar do fundo do grid: Verstappen, Leclerc, Norris, Ocon, Zhou e Schumacher.

Já Bottas também foi punido, mas ficou no limite de 15 posições, o que significa que ele vai largar à frente destes seis independente do resultado final. Enquanto isso, os demais terão sua ordem de largada definida pelas posições finais no quali.

Q1

 

A classificação começou com um atraso de 25 minutos. Um acidente durante a prova da Porsche Supercup levou a reparos nas barreiras de proteção, levando à mudança no horário de início.

O Q1 começou com pouco movimento, com apenas uma volta rápida nos cinco minutos iniciais: 01min47s929 de Schumacher.

Aos poucos a pista foi ficando cheia e os tempos começaram a cair para os níveis vistos mais cedo neste sábado, com Verstappen novamente marcando voltas na casa de 01min44s.

 

No final, deu Verstappen com 01min44s581, sem nem precisar sair nos minutos finais da sessão. Sainz foi o segundo, 0s469 atrás, enquanto Pérez foi o terceiro, já a oito décimos do companheiro de equipe. Completando, Leclerc foi o quarto, a 0s991 e Russell em quinto. Albon, Hamilton, Norris, Ocon e Alonso fecharam o top 10.

Foram eliminados no Q1: Sebastian Vettel, Nicholas Latifi, Kevin Magnussen, Yuki Tsunoda e Valtteri Bottas. Destes, apenas o finlandês da Alfa Romeo está na lista de pilotos punidos, sendo o único que não recebeu a punição de largar no fundo do grid, permitindo que ele inicie a corrida na frente dos outros seis

 

Q2

Apesar do tempo bastante encoberto, a chuva não era uma ameaça neste momento, e a pista ficou cheia assim que a regressiva de 5 minutos foi iniciada.

Logo de cara a Red Bull mostrou sua força, com Verstappen marcando 01min44s723, apenas 0s071 à frente de Pérez, enquanto Sainz, em terceiro, já tomava quase sete décimos do holandês.

 

No final, Leclerc conseguiu uma volta voadora para terminar em primeiro: 01min44s551, 0s172 à frente de Verstappen, que sequer saiu nos últimos minutos. Pérez foi o terceiro. Completaram os pilotos classificados para a disputa da pole: Sainz, Hamilton, Russell, Ocon, Alonso, Norris e Albon.

Foram eliminados no Q2: Daniel Ricciardo, Pierre Gasly, Zhou Guanyu, Lance Stroll e Mick Schumacher. Destes, Zhou e Schumacher integram a lista de punidos, e passam a ocupar as últimas posições do grid, por serem os piores colocados entre os seis que receberam a punição de fim do grid.

 

Q3

Com quatro pilotos que pagarão punições largando do fim do grid, a sessão que definiu a pole position foi iniciada com um ar de dúvida por dois fatores: a possibilidade de Verstappen e Leclerc darem vácuos para Pérez e Sainz e a própria disputa de posições entre os pilotos, com o holandês e o monegasco batalhando pela melhor colocação entre os punidos.

No final, Max Verstappen entregou uma volta voadora de 01min43s665 para terminar como o mais rápido, seguido de Carlos Sainz e Sergio Pérez.

Aplicando as punições, teremos a seguinte ordem no top 10: Carlos Sainz, Sergio Pérez, Fernando Alonso, Lewis Hamilton, George Russell, Alexander Albon, Daniel Ricciardo, Pierre Gasly, Lance Stroll e Sebastian Vettel. Já entre os pilotos punidos, Max Verstappen será o melhor colocado, saindo de 15º, à frente de Charles Leclerc, Esteban Ocon e Lando Norris.

A Fórmula 1 volta à pista de Spa-Francorchamps no domingo para o GP da Bélgica, 14ª etapa da temporada 2022. A largada está marcada para 10h, com transmissão da Band e da F1TV Pro.

E já anote aí: assim que acabar a corrida, tem Pódio AO VIVO no canal do Motorsport.com no YouTube com a presença de Rico Penteado Felipe Motta em uma análise completa da etapa de Spa. Não perca!

Confira o grid de largada para o GP da Bélgica após a aplicação das punições:

 

1 - Carlos Sainz

2 - Sergio Pérez

3 - Fernando Alonso

4 - Lewis Hamilton

5 - George Russell

6 - Alex Albon

7 - Daniel Ricciardo

8 - Pierre Gasly

9 - Lance Stroll

10 - Sebastian Vettel

11 - Nicholas Latifi

12 - Kevin Magnussen

13 - Yuki Tsunoda

14 - Valtteri Bottas

15 - Max Verstappen

16 - Charles Leclerc

17 - Esteban Ocon

18 - Lando Norris

19 - Zhou Guanyu

20 - Mick Schumacher

Podcast #192 – Sequência de corridas decidirá campeonato da F1?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1: Alpine mira Gasly enquanto Marko considera Herta e Schumacher para vaga na AlphaTauri em 2023
Próximo artigo Q4: Max voa, mas Sainz é pole na Bélgica; assista debate sobre quali e mercado, com Herta na AlphaTauri e Gasly na Alpine

Principais comentários

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil Brasil