Fórmula 1 GP de Mônaco

F1: Wolff diz que futuro de Hamilton na Mercedes "nunca esteve em xeque" e revela pacto com heptacampeão

Chefe da Mercedes corroborou declarações do heptacampeão de que acordo por renovação está próximo

Lewis Hamilton, Mercedes-AMG, on stage

Com o GP da Emilia Romagna cancelado na semana passada, as atenções do mundo da Fórmula 1 se voltaram para os rumores de que a Ferrari havia feito uma oferta para ter Lewis Hamilton em 2024. Mas segundo o chefe da Mercedes, Toto Wolff, existe um "pacto" de longa data com o britânico, fazendo com que seu futuro no time alemão "nunca estivesse em xeque".

O contrato atual de Hamilton com a Mercedes chega ao fim neste ano, e a Ferrari sempre manteve o britânico em seu radar, com Fréderic Vasseur, chefe de Maranello, dizendo esta semana que ele seria "o sonho de qualquer equipe", mas o heptacampeão sempre verbalizou sua lealdade à Brackley.

Leia também:

Hamilton descartou os rumores nesta semana em Mônaco, negando negociações com a Ferrari e revelando que a renovação com a Mercedes está próxima. Já Wolff 'elogiou' os rumores por movimentar as histórias, mas reforçou que o futuro do britânico "nunca esteve em xeque" devido a uma promessa que ele o piloto têm.

"A história foi bem, com a avalanche de manchetes criadas. Mas não há nada por trás disso. Como está no momento conosco, estamos em uma posição super feliz com Lewis. Não há nenhum impedimento nas negociações do contrato. Temos um pacto há muitos, muitos anos, de que não falaríamos com nenhum outro piloto antes de decidirmos que seguiremos juntos ou não".

Toto Wolff, Team Principal and CEO, Mercedes-AMG, with Prince Albert II of Monaco

Toto Wolff, Team Principal and CEO, Mercedes-AMG, with Prince Albert II of Monaco

Photo by: Steve Etherington / Motorsport Images

"Então nunca esteve em xeque, nunca houve qualquer tipo de discussão. Alguém apenas se sentiu na posição de talvez se envolver no que parecia ser uma negociação. Mas não é uma negociação. É uma conversa ao redor de uma mesa vendo o que precisamos adaptar no contrato".

Wolff revelou que, desde a chegada de Hamilton em 2013, a base do contrato do britânico não mudou, exceto alguns detalhes como compromissos de marketing. Mas o austríaco não revelou se o novo acordo seria de apenas um ano ou mais.

"Não quero falar ainda porque nós, Lewis e a equipe, queremos fazer o melhor para cada um. Estamos conversando, vendo as opções e as coisas estão alinhadas. Estamos apenas fazendo um brainstorm sobre o que é melhor".

Aston-Honda na F1 2026: Detalhes, impacto para RBR/Mercedes e o fator Alonso

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura de comentários durante nossos programas. Não perca, assine já!

Podcast: após críticas de Max e Lewis, dá para dizer que F1 está perdendo seu DNA?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1: Confira horários e previsão do tempo do domingo para o GP de Mônaco
Próximo artigo Alonso, Verstappen e Leclerc defendem a permanência de Mônaco na F1: "Não há nada igual no calendário"

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil