Fórmula 1 GP de Mônaco

F1: Alonso correu riscos "desconfortáveis" na busca pela pole em Mônaco

Espanhol terminou a sessão a apenas 0s084 do tempo de Verstappen

Fernando Alonso, Aston Martin AMR23

Fernando Alonso admitiu que suas voltas de classificação no GP de Mônaco de Fórmula 1 vieram com uma boa dose de riscos "desconfortáveis", com o espanhol em busca de sua primeira pole na categoria desde 2012.

O bicampeão protagonizou uma eletrizante classificação contra Max Verstappen, que acabou levando a melhor no final do Q3. Após sua primeira volta rápida, Alonso sentiu que "guiava como um animal", mas que teria que ter ido além para bater o holandês.

Leia também:

Ele reconhece que seus esforços foram "acima do limite" em certos momentos, mas falou sobre a fraqueza do AMR23 no último setor.

"Estamos aumentando o nível para um nível desconfortável de risco, digamos assim", disse Alonso, que não faz pole desde o GP da Alemanha de 2012. "Acho que ambas as voltas do Q3 foram além do limite, mas tudo deu certo. O último setor parece ser o nosso ponto fraco no circuito".

"Acho que fomos oitavo no último setor. Então precisamos analisar isso. Talvez tenhamos a chance de resolver isso em Singapura".

Fernando Alonso, Aston Martin AMR23

Fernando Alonso, Aston Martin AMR23

Photo by: Andy Hone / Motorsport Images

Ele acrescentou que a corrida não deve ser fácil para o carro, então pediu que a equipe foque em acertar a estratégia para melhorar suas chances.

"Aqui nunca se sabe, tudo pode acontecer, incidentes, bandeiras amarelas e vermelhas, então é importante fazer uma boa volta e estar na frente. Quando Tsunoda e Max completaram as voltas, sabia que havia uma chance de ser P2. Mas ficamos bem perto da pole, então temos que celebrar".

"Viemos pra cá com preocupações sobre nossa performance aos sábados, parece que estamos bem no domingo, e nossa degradação do pneu é boa, mas estamos sofrendo nos circuitos de rua para acertar a temperatura do pneu".

"É uma longa prova. Não acho que teremos oportunidades de ultrapassar, mas é uma corrida que demanda muito do carro, do câmbio e dos freios. Há várias coisas que precisamos fazer nas 78 voltas, então temos que manter o foco, concentrar e acertar na estratégia e nas paradas".

Aston-Honda na F1 2026: Detalhes, impacto para RBR/Mercedes e o fator Alonso

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura de comentários durante nossos programas. Não perca, assine já!

Podcast: após críticas de Max e Lewis, dá para dizer que F1 está perdendo seu DNA?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1 - Frustrado, Leclerc critica carro da Ferrari: "Muitos solavancos"
Próximo artigo F1: Leclerc é punido em três posições de grid após bloquear Norris

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil