F1: Wolff e Vasseur são advertidos pelos comissários por xingamentos em coletiva do GP de Las Vegas

Caso foi repassado para esta semana a pedido dos comissários do GP de Las Vegas

James Vowles, Team Principal, Williams Racing, Toto Wolff, Team Principal and CEO, Mercedes-AMG, Frederic Vasseur, Team Principal and General Manager, Scuderia Ferrari, Zak Brown, CEO, McLaren Racing, in the team principals Press Conference

James Vowles, Team Principal, Williams Racing, Toto Wolff, Team Principal and CEO, Mercedes-AMG, Frederic Vasseur, Team Principal and General Manager, Scuderia Ferrari, Zak Brown, CEO, McLaren Racing, in the team principals Press Conference

Mark Sutton / Motorsport Images

A direção de prova da FIA anunciou na manhã desta quinta-feira (23) a convocação dos chefes da Mercedes e da Ferrari, Toto Wolff e Frédéric Vasseur, para comparecerem perante os comissários e explicarem o "uso de certa linguagem" durante a coletiva para o GP de Las Vegas de Fórmula 1. Após a audiência, ambos foram formalmente advertidos pelo comportamento.

Os dois participaram da coletiva dos chefes de equipe, realizada pouco após o cancelamento do TL1 devido ao incidente de Carlos Sainz. Devido às grandes forças dos assoalhos dos carros atuais da F1 na era efeito solo, o concreto ao redor da tampa do bueiro não resistiu e acabou se soltando, danificando o SF-23 do espanhol.

Leia também:

Na coletiva, os dois chefes usaram palavrões para debater o assunto. Com a coletiva sendo transmitida ao vivo, isso não é algo permitido pela FIA. Claramente irado, Vasseur disse, entre outras coisas: "Esta situação nos custará uma fortuna - nós fodemos a sessão de Carlos".

Os comentários de Wolff vieram após um momento tenso da coletiva de imprensa, onde sua resposta a uma questão sobre como que o problema de Las Vegas poderia ser considerada um "olho roxo para a F1" foi interrompida por outro repórter.

Wolff havia dito que "eles vão selar o bueiro e ninguém vai falar mais sobre isso amanhã cedo...", quando um repórter do jornal britânico Daily Mail gritou "eles vão", o que levou à essa resposta:

"Você que fez essa pergunta? Isso é completamente ridículo, completamente ridículo", disse. "É o TL1, como você ousa falar mal de um evento que está criando seus novos padrões para tudo. E você está falando sobre a porra de uma tampa de bueiro que não estava preparada, isso já aconteceu antes, isso não é nada, isso é o TL1".

"Temos que dar crédito às pessoas que organizaram esse GP, que tornaram o esporte muito maior do que jamais foi. Você já falou bem sobre alguém, escreveu coisas boas? Você deveria fazer isso sobre as pessoas que estão aí. A Liberty fez um ótimo trabalho".

"E por ser uma tampa de bueiro solta em um TL1, não podemos ficar lamentando. O carro está quebrado, é uma infelicidade. Para Carlos, poderia ter sido perigoso, então entre a FIA e a pista, todos precisam estudar como impedir que isso aconteça novamente".

"Mas estamos falando aqui sobre um 'olho roxo' para o esporte em uma noite de quinta. Ninguém está assistindo isso na Europa de qualquer forma".

Já Vasseur ainda tem uma segunda questão a ser analisada: sua recusa em responder a uma pergunta do jornalista Tom Clarkson, que comanda as coletivas da FIA, sobre a temporada 2023 da Ferrari. O diálogo aconteceu da seguinte forma:

Vasseur: "... a questão é que danificamos completamente o monoposto, o motor, a bateria, e acho que isso é inaceitável".

Clarkson: "Bem, vamos olhar para a imagem toda...".

Vasseur, interrompendo: "Acho que essa é uma boa imagem. Não preciso de um todo maior que esse".

Os dois tiveram que se defender perante os comissários sobre uma possível violação do Artigo 12.2.1.f do Código Desportivo Internacional da FIA. Isto afirma que uma violação das regras terá sido considerada ocorrida se houver “quaisquer palavras, atos ou escritos que tenham causado danos morais ou perdas à FIA, aos seus órgãos, aos seus membros ou aos seus dirigentes executivos e, mais geralmente, no interesse do automobilismo e nos valores defendidos pela FIA” por um competidor.

No documento divulgado nesta quinta, a FIA diz: "Os comissários do GP de Las Vegas de 2023 receberam um relatório do delegado de mídia da FIA sobre o uso de certa linguagem na coletiva de imprensa de 16 de novembro. Devido à inabilidade de conduzir a audiência no domingo pela manhã, eles delegaram sua autoridade para os comissários do GP de Abu Dhabi de 2023".

No documento da advertência, os comissários ressaltaram que esse tipo de linguagem e comportamento não condizem com os valores da FIA, especialmente por se tratarem de figuras públicas e de alto nível do esporte, cobrando que eles sejam um exemplo.

No caso de Vasseur, os comissários determinaram que ele estava "extremamente irritado e frustrado pelo incidente que havia ocorrido no TL1, e que esse uso de linguagem não era comum" a ele.

Já no de Wolff, eles escreveram: "Baseado na submissão do chefe de equipe, o uso da linguagem em questão foi incomum neste caso, provocado por uma interferência abrupta durante a coletiva de imprensa e, portanto, não pode ser vista como comportamento típico" do chefe.

Esse desenvolvimento com Wolff e Vasseur vem após Gunther Steiner receber uma reprimenda no GP da Espanha deste ano pelo comissários após comentar a forma como a FIA lidou com os eventos de Mônaco, culminando em uma penalização de tempo a Nico Hulkenberg por uma colisão na primeira volta.

Steiner foi convocado para explicar a possível violação dos Artigos 12.2.1.c, 12.2.1.f, 12.2.1.k do Código Desportivo Internacional pelas declarações, feitas em um briefing de imprensa da Haas em Barcelona, na semana seguinte do GP de Mônaco.

Parte da defesa de Steiner alegava que, "caso ele quisesse insultar ou ofender qualquer um, ele teria usado palavras muito diferentes", segundo o documento da FIA anunciando a reprimenda.

HAMILTON REBATE HORNER, mas RBR diz: PAI DE LEWIS procurou equipe por vaga; Drugo 'DE OLHO' em Logan

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura de comentários durante nossos programas. Não perca, assine já!

Podcast Motorsport.com debate se GP de Las Vegas de fato teve sucesso

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Be part of Motorsport community

Join the conversation
Artigo anterior F1: FIA realiza testes com inteligência artificial em Abu Dhabi para monitorar limites de pista
Próximo artigo Hamilton rebate Horner sobre ter procurado Red Bull, insinua que Christian é mentiroso e diz que foi o time taurino que o sondou

Top Comments

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Sign up for free

  • Get quick access to your favorite articles

  • Manage alerts on breaking news and favorite drivers

  • Make your voice heard with article commenting.

Motorsport prime

Discover premium content
Assinar

Edição

Brasil