F1 - Wolff: Interlagos "acordou o leão" em Hamilton

Chefe da Mercedes falou ainda sobre o que aconteceria caso sua equipe perca o título de 2021 para a Red Bull

F1 - Wolff: Interlagos "acordou o leão" em Hamilton

Segundo Toto Wolff, a vitória no GP de São Paulo de Fórmula 1, apesar de todas as dificuldades vistas pelo caminho, fez acordar o leão que existe dentro de Lewis Hamilton. E após mais uma vitória, agora no Catar, o chefe da Mercedes prevê o que pode acontecer na reta final, falando ainda sobre o que aconteceria caso a equipe alemã perca o título para a Red Bull.

Hamilton fez um GP dominante em Losail e venceu, reduzindo a vantagem de Max Verstappen no Mundial, enquanto Valtteri Bottas teve um dia oposto, com um furo de pneu lhe custando um pódio. Em entrevista à Sky Sports, o chefe da Mercedes falou dessas sensações distintas.

Leia também:

"É engraçado, porque a reação inicial é agridoce. Ambos os campeonatos são tão importantes. Lewis foi ótimo, o ponto da volta mais rápida é irritante, mas é ótimo que ele tenha vencido. A boa notícia é que o carro é muito rápido. Parece estar naquele ponto ideal e ele controlou a prova do começo e isso é uma boa indicação do que esperar na Arábia Saudita e em Abu Dhabi".

Questionado se o pacote do carro visto nas últimas etapas é o melhor do ano até aqui, Wolff concordou.

"Definitivamente. Acho que o carro está rápido nas retas e é bom nas curvas. A degradação dos pneus funciona bem mesmo em corridas no Oriente Médio e temos mais duas pela frente com esses pneus".

O chefe da Mercedes apontou ainda uma mudança no comportamento de Hamilton desde a vitória em Interlagos na semana passada.

"Ele está totalmente focado, e o leão acordou. Eles acordaram o leão em Interlagos naquele sábado e você estão vendo isso".

Com os resultados do domingo, agora Hamilton reduziu a vantagem de Verstappen para apenas oito pontos, enquanto no Mundial de Construtores, o resultado ruim de Bottas com o furo do pneu permitiu que a Red Bull se aproximasse, com apenas quatro pontos separando as rivais.

Wolff quer os títulos, o que seria a oitava dobradinha consecutiva da Mercedes, que domina a F1 desde 2014, mas sabe que terá que aceitar o resultado final, independente do que for.

"Falamos sobre isso quando voltávamos do pódio e se você tivesse me dito que isso iria até a Arábia Saudita ou o fim da temporada, aceitaríamos. Acho que começamos atrás e não éramos bons o suficiente com o regulamento, mas aceitamos".

"Mas quem vencer o campeonato terá os méritos para isso. Talvez custará uma noite ou duas sem sono, seria irritante, mas aceitaríamos. Não será o fim do mundo".

"Voltaremos mais fortes, mas não estou jogando a toalha ainda, só falando que voltaríamos fortes no ano que vem".

Race winner Lewis Hamilton, Mercedes

Race winner Lewis Hamilton, Mercedes

Photo by: Zak Mauger / Motorsport Images

F1 AO VIVO: HAMILTON vs VERSTAPPEN e tudo do GP do CATAR; assista análise, com Sérgio Sette Câmara

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #146: Hamilton teve a maior exibição da carreira no Brasil?

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
F1: Horner é advertido pela FIA por conduta inadequada
Artigo anterior

F1: Horner é advertido pela FIA por conduta inadequada

Próximo artigo

F1- Bottas: "Sabíamos que estávamos levando os pneus ao limite" antes de um furo "estranho"

F1- Bottas: "Sabíamos que estávamos levando os pneus ao limite" antes de um furo "estranho"
Carregar comentários