Falta de conhecimento da Honda deixou Toro Rosso "chocada" na primeira reunião

compartilhar
comentários
Falta de conhecimento da Honda deixou Toro Rosso "chocada" na primeira reunião
Por:

Franz Tost, chefe da Toro Rosso, diz que ficou "chocado" com o pouco conhecimento específico da montadora depois de parceria de três anos com McLaren

A Honda começou a fornecer motores para a Toro Rosso no início de 2018 e teve como melhor resultado um quarto lugar de Pierre Gasly no Bahrein.

A equipe foi a nona no campeonato de construtores, com 33 pontos, e a Honda assinou um contrato para fornecer unidades de potência para a Red Bull na próxima temporada, substituindo a parceira de longa data com a Renault.

"Tivemos uma cooperação muito boa e temos uma relação comercial muito boa", disse Tost ao Motorsport.com.

"Se há algo que detectávamos do nosso lado, sentávamos juntos, discutíamos e depois tentávamos encontrar uma solução.”

"Quando tivemos a primeira reunião com a Honda, fiquei chocado, porque eles não sabiam coisas relacionadas ao chassi ou à unidade de potência.”

"Se você está vindo junto com um novo parceiro, primeiro você tem que se sentar juntos para discutir para descobrir onde precisamos nos concentrar.”

"Mas foi muito rápido e muito bem porque eles estavam totalmente abertos e nós também estávamos."

A Honda declarou que a comunicação que desfrutou com a Toro Rosso foi a maior mudança fora da pista, em comparação ao período que esteve com a McLaren.

Embora a McLaren tenha ficado cada vez mais frustrada com a Honda, Tost disse que a Toro Rosso só estava interessada em melhorar a colaboração.

"A filosofia da Toro Rosso é, no geral, a de que somos transparentes porque o nosso único objetivo é ser bem sucedido", disse Tost.

"Não há absolutamente nenhuma política dentro da equipe. Temos um relacionamento muito bom."

A Toro Rosso declarou anteriormente que a qualidade do produto da Honda era melhor do que se acreditava durante os tempos de McLaren.

Tost admitiu que a equipe estava preparada para que 2018 seria uma temporada de transição difícil, mas suas expectativas foram superadas pelo motor da Honda.

"Eu disse no ano passado claramente que não seria uma temporada fácil, por causa de tópicos técnicos, que temos que resolver, mas no final, devo dizer que a unidade da Honda mostrou um desempenho muito melhor do que o chassi da Toro Rosso", disse Tost.

Pierre Gasly, Scuderia Toro Rosso STR13

Pierre Gasly, Scuderia Toro Rosso STR13

Photo by: Erik Junius

Ricciardo diz que parou de se preocupar com números internos da Red Bull no meio do ano

Artigo anterior

Ricciardo diz que parou de se preocupar com números internos da Red Bull no meio do ano

Próximo artigo

Por que as equipes de F1 não gostam dos 'donuts' de pilotos?

Por que as equipes de F1 não gostam dos 'donuts' de pilotos?
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Equipes AlphaTauri
Autor Scott Mitchell