Fórmula 1
10 out
-
13 out
Evento encerrado
24 out
-
27 out
Evento encerrado
01 nov
-
03 nov
Evento encerrado
14 nov
-
17 nov
Evento encerrado
28 nov
-
01 dez
Evento encerrado

FIA define substituto provisório após morte de Whiting

compartilhar
comentários
FIA define substituto provisório após morte de Whiting
Por:
14 de mar de 2019 13:47

Vice-diretor do britânico, Michael Mais ocupará os três cargos tidos por Whiting neste fim de semana

A FIA anunciou como preencherá seus três cargos de alto escalão para o GP da Austrália, após a morte de Charlie Whiting.

Os regulamentos esportivos da Fórmula 1 exigem que a FIA nomeie um diretor de prova titular e um starter permanente para cada GP, ambos presentes no início do evento, e um delegado de segurança. Whiting deveria ocupar as três posições, e com sua morte a FIA teve de reorganizar a estrutura.

Leia também:

Ela nomeou Michael Masi, um dos dois vice-diretores de prova, a todos os três cargos.

Masi é um ex-fiscal da Supercars, e trabalhou como vice de Whiting em vários GPs no ano passado. Além de continuar o acordo para 2019, ao lado de seu compatriota, Scot Elkins, Masi aceitou o cargo de diretor de prova da Fórmula 2 e da Fórmula 3 para esta temporada.

A subida de Masi o coloca no comando da prova e dos comissários do GP australiano. Isso inclui decidir suspender qualquer uma das sessões, controlar o uso do Safety Car e encaminhar os incidentes aos comissários.

Como starter permanente, ele será responsável por controlar as luzes que sinalizam o início da corrida.

Seus deveres de delegado de segurança incluem ter a palavra final em todas as questões de segurança, desde alterar o limite de velocidade do pit lane até garantir que os regulamentos de segurança de carro, piloto e circuito sejam seguidos.

Whiting teria completado os outros elementos desse papel, incluindo extensas verificações de circuito antes do fim de semana, antes de sua morte.

Mudar Masi para o papel de diretor principal de corrida para o fim de semana significa que suas responsabilidades como vice-diretor de corrida precisarão ser cobertas, mas isso não foi comunicado pela FIA.

Esses deveres incluem ser responsável pelo controle de corrida, pela volta de alinhamento, pela largada e voltas iniciais – incluindo fazer chamadas em bandeiras vermelhas e Safety Cars durante este período – enquanto o diretor de corrida inicia o GP.

O diretor da equipe Haas, Gunther Steiner, pediu que as equipes ajudem a FIA, tanto quanto possível, com suas medidas provisórias. Ele disse que eles precisavam "causar o menor problema possível".

"Estamos aqui para que isso aconteça pelas pessoas que precisam intervir, porque são grandes cargos que precisam ser preenchidos", disse Steiner.

"No final, encontraremos uma solução, haverá reuniões para garantir que nada passe. O que estaremos fazendo é apoiar o que quer que a FIA ponha em prática neste fim de semana. Qualquer que seja a solução, nós a apoiaremos e tentaremos tirar o melhor proveito dela.”

"Para este fim de semana nosso objetivo é: se eles precisarem da nossa ajuda, estamos aqui para ajudar."

Próximo artigo
Grosjean diz não se importar com piada de chefe da Haas em série da F1 na Netflix

Artigo anterior

Grosjean diz não se importar com piada de chefe da Haas em série da F1 na Netflix

Próximo artigo

Bottas comemora poder comer mais com nova regra de peso na Fórmula 1

Bottas comemora poder comer mais com nova regra de peso na Fórmula 1
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento GP da Austrália
Autor Scott Mitchell