Force India se diz a favor de classificação "mata-mata"

Vice-diretor da equipe indiana pede para que equipes pensem melhor e reavaliem desistência de formato

Force India se diz a favor de classificação "mata-mata"
Sergio Perez, Sahara Force India F1 VJM09 and team mate Nico Hulkenberg, Sahara Force India F1 VJM09
Bob Fernley, Sahara Force India F1 Team, Co-Chefe de equipe na Conferência de Imprensa da FIA
Nico Hulkenberg, Sahara Force India F1 VJM09
Sergio Perez, Sahara Force India F1 VJM09 on the grid
Nico Hulkenberg, Sahara Force India F1 VJM09
Nico Hulkenberg, Sahara Force India F1 VJM09
Carregar reprodutor de áudio

Alvo de críticas da maioria das pessoas integrantes do circo da Fórmula 1 no GP da Austrália, o novo formato eliminatório de classificação deverá ser abandonado para a próxima etapa, no Bahrein. Porém, enquanto a mudança não é oficializada, o vice-diretor da Force India, Bob Fernley, utiliza um discurso totalmente contrário à ideia.

"Parte da razão de a classificação ser alterada foi para ter efeito na corrida", disse Fernley à Autosport.

"Como você pode tomar a decisão de suspender o formato se ainda nem tínhamos feito a corrida?”

"Nós não votamos a favor do treino ser alterado novamente. Eu pedi a todos para que entendessem que estávamos estritamente contra a medida. Espero que mais pessoas entendam nossa posição com mais algum tempo para pensar sobre isso.”

"Os pneus, a classificação, tudo teve um impacto sobre esta corrida.”

"Talvez devêssemos esperar um pouco mais. Foi muito instintiva a reação e acho que algumas coisas muito interessantes vieram de fora."

Fernley admitiu, no entanto, que a Force India não irá bloquear uma mudança se prejudicar o esporte.

"A Force India não vai fazer algo que seja prejudicial à Fórmula 1", disse ele.

"Sempre vamos lutar, mas não vamos fazer nada prejudicial se for no melhor interesse e todo mundo se sentir assim.”

"Nós não somos necessariamente contra uma mudança na classificação, mas sim tomar uma decisão sem tempo para refletir sobre o que aconteceu."

compartilhar
comentários
GPDA pede reformas na "estrutura doente" da Fórmula 1
Artigo anterior

GPDA pede reformas na "estrutura doente" da Fórmula 1

Próximo artigo

F1 avalia formato 'híbrido' para classificação no Bahrein

F1 avalia formato 'híbrido' para classificação no Bahrein
Carregar comentários