Hamilton e Bottas dizem que não querem ordens da Mercedes

Após ocorrido no GP do Bahrein, companheiros de equipe dizem que preferem disputas sem interferência da chefia

Hamilton e Bottas dizem que não querem ordens da Mercedes
Polesitter: Valtteri Bottas, Mercedes AMG, second place Lewis Hamilton, Mercedes AMG, third place Sebastian Vettel, Ferrari
Valtteri Bottas, Mercedes F1 W08, Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 W08
Valtteri Bottas, Mercedes F1 W08, Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 W08
Valtteri Bottas, Mercedes F1 W08, Sebastian Vettel, Ferrari SF70H, Lewis Hamilton, Mercedes F1 W08, Max Verstappen, Red Bull Racing RB13
Lewis Hamilton, Mercedes AMG, second place, Sebastian Vettel, Ferrari, race winner, on the podium
Sebastian Vettel, Ferrari SF70H, Valtteri Bottas, Mercedes F1 W08, Lewis Hamilton, Mercedes F1 W08
Valtteri Bottas, Mercedes F1 W08, Lewis Hamilton, Mercedes F1 W08
Valtteri Bottas, Mercedes AMG F1
Valtteri Bottas, Mercedes AMG F1 W08
Valtteri Bottas, Mercedes AMG F1 W08
Valtteri Bottas, Mercedes AMG F1 W08
Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 W08

Lewis Hamilton e Valtteri Bottas deixaram claro que não querem que a Mercedes use ordens de equipe e deixaram claro que conseguirão agir em favor dos interesses da equipe alemã.

O chefe da equipe, Toto Wolff, afirmou após o GP do Bahrein que a Mercedes pode precisar repensar sua abordagem quanto a ordens de equipe após a derrota sofrida para a Ferrari.

A Mercedes garantiu igualdade de condições a seus pilotos nos anos em que contava com um carro dominante, mas a situação se tornou mais complicada com o crescimento da Ferrari.

No Bahrein, Vettel conquistou sua segunda vitória na temporada após Hamilton ter perdido tempo atrás de Bottas, que mostrou dificuldades para acompanhar o ritmo do alemão.

Antes do GP da Rússia, Bottas afirmou que as ordens de equipe não foram discutidas pela Mercedes, enquanto que Hamilton insistiu ser contrário a isso.

“Eu não quero e nunca quis, e ordens de equipe sempre foram algo estranho, difícil de julgar. Não é algo que eu particularmente gosto”, disse Hamilton.

“Mas está nas regras, e nossa abordagem é de que nosso time precisa ganhar a corrida. Temos de tentar trabalhar juntos como uma equipe, não somente em uma circunstância especial.”

“É difícil todas as vezes, mas não é algo bom de se ouvir. Acho que temos que analisar o momento, as posições, e como que isso interferiria no resultado da equipe. Aí sim se toma a decisão.”

Bottas também acredita que não há a necessidade da Mercedes usar ordens de equipe.

“Não conversamos sobre isso porque não acho que haja a necessidade. A equipe nunca teve um piloto número um e um número dois, e não planeja ter.”

“Sempre há chances iguais para os dois pilotos, mas, nos últimos três anos, a diferença para a equipe mais próxima era maior. Então todos os detalhes podem representar pontos.”

Apesar de a Ferrari liderar o campeonato de pilotos e de construtores, Bottas não acha que a Mercedes irá mudar sua abordagem e estabelecer uma hierarquia entre seus competidores.

“Não acho que isso vai acontecer. Se eu tiver algum problema ou estivermos em estratégias diferentes, aí eu darei passagem.”

“Estamos fazendo isso pela equipe e a meta é conquistar o máximo de pontos. Sempre joguei em equipe, mas o que acontecer no futuro entre Lewis e eu e o jogo de equipe não está sendo planejado.”

“Neste ano a equipe precisa ser mais cuidadosa e esperta, então vou marcar todos os pontos possíveis na corrida.”

Relatos adicionais de Valentin Khorounzhiy

compartilhar
comentários
FIA coloca lombada na área de escape da curva 2 em Sochi
Artigo anterior

FIA coloca lombada na área de escape da curva 2 em Sochi

Próximo artigo

Kimi sobre relação com presidente da Ferrari: Está tudo bem

Kimi sobre relação com presidente da Ferrari: Está tudo bem
Carregar comentários