Hamilton exalta Bottas como companheiro de equipe: "Não há besteiras entre nós"

Heptacampeão elogiou o companheiro por ser um "franco atirador" e que "não há espaço para jogos" no relacionamento entre eles

Hamilton exalta Bottas como companheiro de equipe: "Não há besteiras entre nós"

Lewis Hamilton e Valtteri Bottas estão no quinto ano como companheiros de Mercedes na Fórmula 1. E em conversa entre os dois pilotos, o heptacampeão elogiou o relacionamento que possui com o finlandês, afirmando que Bottas é "bastante franco" e que "não há espaço para jogos" entre eles.

Apesar de alguns momentos de choque, Hamilton e Bottas não desenvolveram uma rivalidade como foi o caso do britânico com Nico Rosberg em anos anteriores e ambos ajudaram a Mercedes a manter a hegemonia criada em 2014, no início da era turbo híbrida.

Leia também:

Antes do início da temporada 2021, os pilotos foram convidados pela a Mercedes a participar da gravação de um vídeo onde responderam a diversas perguntas. Uma das questões feitas por Bottas fez Hamilton pensar bastante.

"Qual é a vantagem em me ter como colega de equipe?", disse Bottas. "Não há besteiras entre nós? Não precisamos conversar muito?".

Hamilton respondeu: "Se você está colocando palavras na minha boca, sim, não há nenhuma besteira entre nós. Não acho que haja uma característica em particular que seja melhor do que as outras, acho que é uma combinação de muitas coisas e o fato de que não há espaço para jogos entre nós".

"Você é um franco atirador. Por exemplo, tivemos fins de semana em que poderíamos ter sido melhores, como o GP da Áustria de 2020, e ambos sabemos que precisamos fazer um trabalho melhor do que os outros".

A Áustria foi a primeira corrida da temporada passada, com a vitória de Bottas, enquanto Hamilton terminou em quarto após tomar uma punição pelo toque em Alex Albon.

Polesitter Lewis Hamilton, Mercedes, second place Valtteri Bottas, Mercedes

Polesitter Lewis Hamilton, Mercedes, second place Valtteri Bottas, Mercedes

Photo by: FIA Pool

Toto Wolff pode não ter ficado muito feliz com isso, mas Hamilton disse que a Mercedes ficou ainda mais furiosa com as colisões que ele teve com Rosberg, na Bélgica em 2014 e na Espanha em 2016.

Nesta última, Max Verstappen se aproveitou do incidente entre as Mercedes para vencer com a Red Bull logo em sua estreia pela equipe.

"Os momentos em que vi Toto mais zangado deve ser nas vezes em que Nico e eu batemos. Provavelmente Barcelona foi o momento de maior fúria entre todos".

Bottas perguntou, brincando: "Você viu fumaça saindo pelos ouvidos dele?".

Hamilton respondeu, com uma risada: "Sim, definitivamente pude ver ele arrancando os cabelos de nervoso. Acho que ele fez uma operação para crescer novamente".

Mas Bottas relembrou ainda de outra prova que deve ter tirado o chefe da Mercedes do sério.

"Estava pensando sobre isso agora. Ele não deve ter ficado muito feliz no GP da Alemanha de 2019. Parecia que estava prestes a vencer e depois bati. Estávamos usando roupas especiais e me lembro... Toto disse que nunca mais faríamos algo do tipo novamente".

'TRETAS', IMPROVISO e 'CAUSOS' de GALVÃO BUENO: Ex-diretor faz revelações do narrador de F1 da Globo

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

PODCAST: Empatia zero. Quais são os pilotos mais 'malas' da F1?

 

compartilhar
comentários
F1 - Ex-companheiro dispara contra Alonso: "Joga jogos políticos"

Artigo anterior

F1 - Ex-companheiro dispara contra Alonso: "Joga jogos políticos"

Próximo artigo

Conheça o gato Formulino, mascote “dono de Ímola” que recebeu passe VIP da F1

Conheça o gato Formulino, mascote “dono de Ímola” que recebeu passe VIP da F1
Carregar comentários