Fórmula 1
06 mai
Próximo evento em
59 dias
20 mai
Próximo evento em
73 dias
R
GP do Azerbaijão
03 jun
Próximo evento em
87 dias
10 jun
Próximo evento em
94 dias
24 jun
Próximo evento em
108 dias
R
GP da Áustria
01 jul
Próximo evento em
115 dias
R
GP da Grã-Bretanha
15 jul
Próximo evento em
129 dias
29 jul
Próximo evento em
143 dias
R
GP da Bélgica
26 ago
Próximo evento em
171 dias
02 set
Próximo evento em
178 dias
09 set
Próximo evento em
185 dias
23 set
Próximo evento em
199 dias
R
GP de Singapura
30 set
Próximo evento em
206 dias
07 out
Próximo evento em
213 dias
21 out
Próximo evento em
227 dias
28 out
Próximo evento em
234 dias
R
GP da Arábia Saudita
03 dez
Próximo evento em
270 dias
R
GP de Abu Dhabi
12 dez
Próximo evento em
279 dias

Hamilton não entende por que GP da Grã-Bretanha e final de Wimbledon são na mesma data

Piloto britânico da Mercedes critica conflito de datas entre a corrida inglesa e outros grandes eventos esportivos

compartilhar
comentários
Hamilton não entende por que GP da Grã-Bretanha e final de Wimbledon são na mesma data

Lewis Hamilton não consegue entender por que o GP da Grã-Bretanha de Fórmula 1 frequentemente acontece no mesmo dia da final do Torneio de Wimbledon, uma das mais famosas competições do tênis, que ocorre justamente na Inglaterra.

Leia também:

No ano passado, os eventos foram agendados para que não houvesse coincidência de data. Em 2019, porém, o conflito voltou a acontecer. Ainda assim, a etapa da última temporada coincidiu com outro grande evento esportivo para os ingleses: o jogo do English Team contra a Suécia pelas quartas-de-final da Copa do Mundo de futebol.

Hamilton cobrou mais esforços para garantir que a prova de Silverstone não tenha que competir com outros esportes pela atenção do público. "O que eu não entendo é por que os organizadores colocam a corrida no mesmo dia que todos os outros grandes eventos", disse ele. "Eu realmente não entendo isso”.

"Este é um fim de semana especial, que precisa de todo o foco de todo o país e não apenas de uma pequena parte. Acho que as pessoas estarão alternando entre os canais no domingo, não tendo certeza do que assistir. Mas eu venho aqui para levantar a bandeira e deixar o país orgulhoso, então vou apenas tentar fazer minha parte”.

Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1

Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1

Photo by: Mark Sutton / Sutton Images

Fórmula 1 "não pode existir" sem Silverstone

Hamilton, que pode ganhar seu sexto GP da Grã-Bretanha neste fim de semana, disse estar contente com a permanência de Silverstone no calendário até 2024. Depois de meses de negociação, a administração do circuito e a F1 chegaram a um acordo.

"Foi uma boa notícia saber que eles haviam renovado. É claro que a F1 não pode ficar de fora da casa do automobilismo, que é o Grande Prêmio da Inglaterra. Realmente, estou muito feliz. E é ótimo para os fãs também”.

Piloto australiano da Renault, Daniel Ricciardo fez sua estreia na F1 em Silverstone e concorda com o colega: "É uma pista legal, uma atmosfera legal. Há oito anos, fiz minha estreia na F1 aqui, então é especial”.

"Eu não sei como seria estar em outro lugar para esse GP, parece natural e certo tê-lo aqui, até porque é a casa do automobilismo britânico”, mencionando a já abandonada possibilidade de se realizar uma corrida de rua em Londres. “Eu gosto disso, há aquela verdadeira atmosfera de acampamento, aquela vibe festiva que os ingleses amam. E nós amamos também”.

Lewis Hamilton fans at the British Grand Prix

Lewis Hamilton fans at the British Grand Prix

Photo by: JEP / LAT Images

Gasly surpreende no fim e lidera 1º treino da F1 na Grã-Bretanha

Artigo anterior

Gasly surpreende no fim e lidera 1º treino da F1 na Grã-Bretanha

Próximo artigo

Ricciardo diz não se arrepender por trocar Red Bull pela Renault

Ricciardo diz não se arrepender por trocar Red Bull pela Renault
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento GP da Grã-Bretanha
Pilotos Lewis Hamilton , Daniel Ricciardo
Autor Jamie Klein