Hamilton 'se defende' de lendas da F1 e elege momento mais difícil da carreira

Hexacampeão respondeu críticos e citou lealdade ao escolher 'maior drama' de sua trajetória na categoria

Hamilton 'se defende' de lendas da F1 e elege momento mais difícil da carreira

Após vencer o GP de Eifel em Nurburgring e igualar os 91 triunfos do alemão Michael Schumacher na Fórmula 1, Lewis Hamilton desabafou e disse não entender por que "lendas" da F1 o criticam o "tempo todo". O piloto também elegeu o maior drama de sua carreira. Veja:

"Você poderia ser lembrado por ter os maiores números e isso seria algo legal, mas o importante é a caminhada, a maneira como você faz as coisas e os obstáculos que você encarou. Cada um tem sua jornada e não acho que deveriam criticar ninguém pela maneira como você faz as coisas, mas muito fazem isso. Especialmente pilotos mais velhos, que ainda têm algum problema comigo - não sei por que, mas talvez um dia eles vão superar", disse ele.

O editor recomenda:

"Tenho muito respeito pelas lendas do esporte, embora eles teimem em falar mal de mim o tempo todo. Mas ainda o considero grandes porque sei que, na época deles, enfrentaram muitas dificuldades. Eram outros tempos e eles se mantiveram como lendas", seguiu Hamilton.

O piloto da Mercedes também prometeu que fará diferente depois que se aposentar: "Daqui a 20 anos, quando estiver olhando para trás, posso prometer para vocês que não vou fazer isso, não vou ficar falando mal de qualquer piloto que está tendo bons resultados."

"Acho que a nossa responsabilidade, como pilotos mais velhos, é destacar e encorajar. Vai haver outros pilotos, como Charles [Leclerc, da Ferrari] ou Max [Verstappen, da Red Bull], que vão perseguir os recordes que eu, eventualmente, estabelecer. E seria a abordagem errada ficar torcendo para que eles não quebrem. Você tem que encorajá-los a atingir o máximo de seu potencial e, se isso significa, bater os recordes, isso é algo incrível", afirmou.

Resposta a Andretti, Stewart e Ecclestone

A declaração de Hamilton vem após diversas críticas de lendas como o norte-americano Mario Andretti e o escocês Jackie Stewart, tricampeão em 1969, 1971 e 1973. Além deles, o ex-comandante da F1, Bernie Ecclestone, também britânico.

Andretti reclamou dos pedidos de Hamilton por equidade no automobilismo, uma luta que vem se destacando nas entrevistas do hexacampeão neste ano. Segundo o vencedor da temporada 1978 pela Lotus, tal problema não existe: "Ele [Hamilton] sempre foi aceito e teve o respeito de todos. Acho que essa discussão é pretensiosa. É o que sinto, E está criando um problema que não existe."

Já Stewart afirmou que Hamilton não está entre os três melhores da história porque hoje os pilotos correm sob menos pressão: "Ele pilota bem, não comete erros, mas não tem como comparar". Ecclestone, por sua vez, gozou das roupas do hexacampeão, dizendo que ele não se veste como um piloto. O ex-chefão da F1 ainda disse que Schumacher "pilotava mais ou menos sozinho, enquanto Hamilton tem sabe-se lá quantos engenheiros" para auxiliá-lo. 

Hamilton elege o 'drama' de sua carreira

Além de 'se defender', o britânico citou sua saída da McLaren rumo à Mercedes como o momento mais difícil de sua trajetória na categoria. A decisão veio em 2012, quando as Flechas de Prata ainda eram inferiores ao time de Woking, pelo qual Hamilton foi campeão em 2008.

“Apesar de parecer ótimo agora, todo mundo falou de forma negativa quando escolhi ir para a Mercedes. Não sei como, mas eu sempre soube que era a decisão certa para mim, que queria fazer parte dessa jornada”, explicou o piloto, que corre pela equipe alemã desde 2013.

“Eu cresci com uma equipe sedenta por sucesso [Mercedes], mas diria que foi um dos momentos mais difíceis. Eu fui uma pessoa muito leal, estive com a McLaren-Mercedes desde os 13 anos. Deixar a equipe que me deu vaga nesse esporte foi difícil. Ligar para o chefe e dizer que você está de saída é algo doloroso e emocionalmente difícil. Só que ainda estou com a Mercedes. Cada corrida, cada vitória, foi com um motor Mercedes. Sou muito grato", afirmou.

Nova parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Registre-se gratuitamente no ThePlayer.com e acompanhe tudo sobre F1 e outros esportes! Você confere o melhor conteúdo sobre o mundo das apostas e fica por dentro das dicas que vão te render muita diversão e também promoções exclusivas. Venha com a gente!

VÍDEO: Raikkonen também 'criticou' Hamilton por vestimenta recentemente; confira

PODCAST: A F1 perde força com a saída da Honda?

 

.

compartilhar
comentários
F1: Red Bull 'cogitou' Hulkenberg e ameaça Albon também com Pérez
Artigo anterior

F1: Red Bull 'cogitou' Hulkenberg e ameaça Albon também com Pérez

Próximo artigo

RETA FINAL: Repercussão do recorde de Hamilton com participação de Raí Caldato

RETA FINAL: Repercussão do recorde de Hamilton com participação de Raí Caldato
Carregar comentários