Horner: Hollywood não conseguiria criar uma história tão incrível quanto a da F1 2021

Chefe da Red Bull defende que F1 teve em sua final do maior evento esportivo do mundo no ano

Horner: Hollywood não conseguiria criar uma história tão incrível quanto a da F1 2021
Carregar reprodutor de áudio

O chefe da Red Bull, Christian Horner, acredita que um roteirista hollywoodiano não teria como criar uma história tão fantástica quanto a que foi a da temporada 2021 da Fórmula 1, quando o mundo acompanhou uma batalha intensa e apertada entre Lewis Hamilton e Max Verstappen, com o holandês levando a melhor de forma dramática na última volta da última corrida.

Os rivais chegaram à final empatados e uma relargada recheada de polêmicas decidiu o título a favor do holandês. Mas o drama não ficou restrito à pista, com momentos de tensão fora dela também, com as reações aos incidentes de Silverstone, Monza, Interlagos e Jeddah em especial.

Leia também:

Isso ajudou a alavancar a audiência da F1, trazendo de volta fãs em grandes números à maioria das corridas, incluindo o GP dos Estados Unidos, com mais de 400 mil pessoas presentes ao longo do fim de semana.

Isso marcou um primeiro ano forte de Stefano Domenicali como novo CEO da categoria, assumindo o cargo no lugar de Chase Carey. Horner brincou que Domenicali "teria que dar à Red Bull uma cesta gigante de Natal pela emoção, corridas e drama que rolaram em seu primeiro ano".

"Acho que faz 47 anos que o campeonato chegou na última corrida com os dois pilotos empatados", disse Horner. "Acho que nem um roteirista de Hollywood teria como imaginar tudo que aconteceu neste ano. E a popularidade da Fórmula 1 voou como vimos".

"Possivelmente ele teve o maior evento esportivo do mundo no ano com a final. E a quantidade de novos fãs que recebemos no esporte foi fantástico, fenomenal".

O chefe da Ferrari, Mattia Binotto, também foi só elogios ao trabalho de Domenicali, seu ex-colega na equipe italiana, e da Liberty Media, expandindo o alcance da categoria.

"Ele está fazendo muito bem. E acho que isso vale também para a Liberty Media. Desde que eles assumiram, melhoraram muito do espetáculo e o modo como nos apresentamos aos fãs, não apenas em termos de transmissão, mas mídias sociais e tudo isso".

"Certamente melhoramos o nível de comunicação e como engajamos com os fãs. Acho que após apenas um ano Stefano está indo muito bem. Não é fácil para ele manter esse nível após Chase, porque Chase vinha fazendo um ótimo trabalho".

"Mas conheço Stefano e tenho certeza de que ele continuará fazendo muito, muito bem no futuro".

Mari Becker revela bastidores de tretas de Hamilton x Verstappen na F1 2021

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #154 - Giaffone analisa polêmica de Abu Dhabi e ano de Verstappen e Hamilton

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
F1: Bottas teve "emoções mistas" após última corrida pela Mercedes
Artigo anterior

F1: Bottas teve "emoções mistas" após última corrida pela Mercedes

Próximo artigo

F1: Verstappen tranquilo com polêmica de Abu Dhabi porque Red Bull "não fez nada de errado"

F1: Verstappen tranquilo com polêmica de Abu Dhabi porque Red Bull "não fez nada de errado"