Fórmula 1
25 mar
Próximo evento em
55 dias
06 mai
Próximo evento em
97 dias
20 mai
Próximo evento em
111 dias
R
GP do Azerbaijão
03 jun
Próximo evento em
125 dias
10 jun
Próximo evento em
132 dias
24 jun
Próximo evento em
146 dias
R
GP da Áustria
01 jul
Próximo evento em
153 dias
R
GP da Grã-Bretanha
15 jul
Próximo evento em
167 dias
29 jul
Próximo evento em
181 dias
R
GP da Bélgica
26 ago
Próximo evento em
209 dias
02 set
Próximo evento em
216 dias
09 set
Próximo evento em
223 dias
23 set
Próximo evento em
237 dias
R
GP de Singapura
30 set
Próximo evento em
244 dias
07 out
Próximo evento em
251 dias
21 out
Próximo evento em
265 dias
28 out
Próximo evento em
272 dias
05 nov
Próximo evento em
280 dias
R
GP da Austrália
18 nov
Próximo evento em
293 dias
R
GP da Arábia Saudita
03 dez
Próximo evento em
308 dias
R
GP de Abu Dhabi
12 dez
Próximo evento em
317 dias

Maldonado admite que exagerou em críticas à Williams após classificação

compartilhar
comentários
Maldonado admite que exagerou em críticas à Williams após classificação
Por:

Piloto venezuelano reconheceu que ficou estressado demais após acusar time de sabotagem durante GP dos EUA

Depois de um final de semana desapontador em Austin, quando foi amplamente superado pelo companheiro de equipe Valtteri Bottas, Pastor Maldonado pediu desculpas para sua equipe Williams pelas declarações dadas no sábado no Circuito das Américas. O venezuelano se disse estressado no momento com o extra pista e afirmou que má classificação foi uma espécie de 'gota d'água'.

"Às vezes você fica muito estressado, às vezes você valoriza apenas o momento, mas sempre há algo por trás disso. Depois de três anos você explode ", disse Maldonado à Autosport.

"Eu acho que acumulei essa energia e explodi. Não é que eu sou louco e começo a dizer coisas assim. A crítica estava errada do meu lado, porque eu os respeitei por três anos e eles me respeitam. Mas fiquei muito estressado, especialmente durante a última semana com o anúncio de que eu estava deixando a equipe. Talvez algumas pessoas tenham mudado sua abordagem e eu tenha levado isso pessoalmente. Não foi toda a equipe.”

"Eu quero mantê-los como amigos. Tenho grandes amigos aqui, talvez os únicos amigos que tenho na F-1. Talvez tenhamos passado o melhor momento da minha carreira e o pior momento juntos."

Maldonado justificou sua atitude pelo momento difícil no time em 2013 depois de uma vitória em 2012. O venezuelano, que marcou apenas um ponto nesta temporada, também disse que tem inimigos na equipe.

"Estou vivendo um momento difícil, porque sofremos muito e muitas coisas aconteceram no meu carro durante a temporada. Sofremos muito desde o início", acrescentou.

"Depois da vitória [no GP da Espanha de 2012] , após a boa temporada que tivemos no ano passado, estávamos esperando algo mais. E quando você chega ao final da temporada, às vezes diz algo a mais do que precisa dizer.

"Há algumas pessoas na equipe que eu não gosto, mas talvez eles não gostem de mim também. Mas é como em uma família. Numa família podem ter algumas diferenças", finalizou.

Pirelli trará pneu de 2014 ao Brasil para equipes testarem na sexta-feira

Artigo anterior

Pirelli trará pneu de 2014 ao Brasil para equipes testarem na sexta-feira

Próximo artigo

Vettel diz que vencer sempre não o deixa entediado

Vettel diz que vencer sempre não o deixa entediado
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento GP dos EUA
Pilotos Pastor Maldonado
Autor Gabriel Lima