Fórmula 1
R
GP de Portugal
30 abr
Próximo evento em
19 dias
06 mai
Próximo evento em
25 dias
20 mai
Próximo evento em
39 dias
R
GP do Azerbaijão
03 jun
Próximo evento em
53 dias
10 jun
Próximo evento em
60 dias
24 jun
Próximo evento em
74 dias
R
GP da Áustria
01 jul
Próximo evento em
81 dias
29 jul
Próximo evento em
109 dias
R
GP da Bélgica
26 ago
Próximo evento em
137 dias
02 set
Próximo evento em
144 dias
09 set
Próximo evento em
151 dias
23 set
Próximo evento em
165 dias
R
GP de Singapura
30 set
Próximo evento em
172 dias
07 out
Próximo evento em
179 dias
21 out
Próximo evento em
193 dias
28 out
Próximo evento em
200 dias
R
GP de Abu Dhabi
12 dez
Próximo evento em
245 dias

Massa rebate críticas: “deixar Bottas passar não era o certo”

Brasileiro ressalta que seu ritmo com os pneus duros era muito mais rápido que o do companheiro de equipe.

Massa rebate críticas: “deixar Bottas passar não era o certo”
Felipe Massa, Williams com Nigel Mansell
Felipe Massa, Williams FW37
Felipe Massa, Williams FW37
Felipe Massa, Williams FW37

Com a insatisfação do companheiro de equipe Valtteri Bottas logo após o fim do GP da Grã-Bretanha neste último domingo, Felipe Massa se defendeu das críticas do finlandês. Segundo o brasileiro, Bottas não conseguiu ultrapassá-lo pois não tinha um ritmo tão bom que o fizesse andar na frente sem a ajuda do DRS.

LEIA MAIS 

Williams se defende de erro na chuva: “Vettel teve 15 segundos a mais”

Acidente na NASCAR atinge grade de proteção dos torcedores

O que aprendemos do GP da Grã-Bretanha? Confira análise

Bottas se viu prejudicado pela atitude, apesar de, após a primeira parada, não ter conseguido mais atacar Massa.

"Com o pneu duro eu era mais rápido, por isso deixar o Bottas passar definitivamente não era a coisa certa a se fazer", disse o brasileiro.

"Além disso, ele estava com o DRS. Isso facilitou que ele me seguisse nas retas longas. Sem DRS, teríamos um ritmo similar."

O brasileiro também sofreu com um pit stop lento, o que lhe custou a liderança para Lewis Hamilton e quase o segundo lugar para Nico Rosberg naquele momento.

"O maior problema no meu primeiro pit stop foi que nós tivemos de limpar a minha asa traseira. Isso tomou algum tempo, e eu quase perdi duas posições. Ainda tive de lutar com Nico Rosberg no pit lane.”

"E aí a chuva veio e nós paramos tarde demais, o que foi frustrante. Não estar no pódio foi uma grande pena."

“A chuva também ressaltou as fraquezas de nosso carro no molhado.”

compartilhar
comentários
O que aprendemos do GP da Grã-Bretanha?

Artigo anterior

O que aprendemos do GP da Grã-Bretanha?

Próximo artigo

Williams se defende de erro na chuva: “Vettel teve 15 segundos a mais”

Williams se defende de erro na chuva: “Vettel teve 15 segundos a mais”
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento GP da Grã-Bretanha
Localização Silverstone
Pilotos Felipe Massa
Equipes Williams
Autor Gabriel Lima