Mercedes recebe apenas multa por confusão na parada e Russell mantém primeiros pontos na F1

O britânico corria o risco de tomar uma desclassificação por ter saído dos boxes com os pneus de Bottas

Mercedes recebe apenas multa por confusão na parada e Russell mantém primeiros pontos na F1

A Mercedes se livrou se sanções maiores envolvendo a lambança no pit stop durante o GP de Sakhir de Fórmula 1, que estragou a corrida de George Russell e Valtteri Bottas. A equipe tomou apenas uma multa, o que permitiu ao piloto britânico manter seus primeiros pontos conquistados na categoria.

Os dois estavam na ponta quando a batida de Jack Aitken deixou a asa dianteira da Williams na pista, na entrada da reta principal, levando à entrada do safety car. A Mercedes chamou os dois para os boxes imediatamente para colocar pneus novos para proteger do ataque dos rivais, que haviam parado anteriormente.

Leia também:

Russell teve um pit de mais de 5s e conseguiu sair relativamente bem, mas Bottas acabou ficando um bom tempo parado, com os mecânicos notando que os pneus do finlandês haviam sido colocados no carro do britânico, forçando a equipe a colocar os mesmos pneus duros no carro de Bottas.

Russell saiu com os pneus dianteiros de Bottas e foi avisado do erro da equipe, tendo que entrar novamente na volta seguinte pra colocar um novo conjunto. Além disso, um furo no final o deixou apenas em nono na linha de chegada.

Após a corrida, a FIA notou: "Quando o carro 63 parou para novos pneus às 21h16, a equipe colocou os pneus dianteiros destinados ao carro 77. O 63 saiu do pitlane e voltou após uma volta para colocar o conjunto de pneus corretos. E isso não segue os artigos 24.2 a) e 24.3 e). Estamos repassando o caso aos comissários para consideração".

A investigação dos comissários determinou uma multa de 20 mil euros para a equipe, afirmando que o problema no rádio explicado por Toto Wolff foi determinante para a Mercedes não sofrer a desqualificação, que custaria a Russell seus primeiros pontos na F1.

Falando com a Sky Sports F1 após a corrida, Toto Wolff disse: "Para nós, foi uma cagada gigantesca. O que aconteceu é que um dos funcionários não ouviu a chamada, tivemos uma falha no rádio na garagem e quando o carro entrou, não sabíamos que tínhamos que mudar os pneus ou que colocamos os errados. É por isso que ele saiu com os errados. Aí, obviamente, teve que parar novamente".

Nova parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Registre-se gratuitamente no ThePlayer.com e acompanhe tudo sobre Fórmula 1 e outros esportes! Você confere o melhor conteúdo sobre o mundo das apostas e fica por dentro das dicas que vão te render muita diversão e também promoções exclusivas. Venha com a gente!

PÓDIO: A improvável vitória de Pérez no insano GP de Sakhir

PODCAST: O 'milagre' Grosjean e o que Pietro Fittipaldi pode fazer em estreia na F1

 

compartilhar
comentários
Leclerc é punido e perde três posições para GP de Abu Dhabi
Artigo anterior

Leclerc é punido e perde três posições para GP de Abu Dhabi

Próximo artigo

Leclerc admite erro em acidente, mas pondera: “É mais lamentável do que culpa”

Leclerc admite erro em acidente, mas pondera: “É mais lamentável do que culpa”
Carregar comentários