Meta em longo prazo é retornar à F1, insiste Sirotkin

No entanto, russo, que competiu pela Williams em 2018, diz que anda não sabe qual será seu plano imediato nas pistas

Meta em longo prazo é retornar à F1, insiste Sirotkin

Fora do grid para a temporada de 2019 da F1, Sergey Sirotkin insistiu que sua meta principal em longo prazo será retornar à principal categoria do planeta no futuro.

O russo competiu pela Williams no ano passado, mas enfrentou diversas dificuldades com o carro problemático da equipe inglesa. Assim, ele ocupou a última posição entre os pilotos que pontuaram, terminando apenas o GP da Itália entre os dez primeiros.

Perto do fim do campeonato, foi confirmado que Sirotkin estaria fora do grid, uma vez que a Williams fechou com George Russell e Robert Kubica para 2019.

Apesar de já ter admitido sua chateação com o ocorrido, Sirotkin não desistiu da F1. “A meta principal, que é provavelmente uma meta de longo prazo agora, é obviamente voltar ao grid da F1”, disse ao site FormulaSpy.

“Ainda é cedo para dizer o quão fácil ou o quão possível será, mas essa é uma meta de médio para longo prazo.”

Mesmo reconhecendo que um retorno à F1 é um objetivo relativamente distante, o piloto ainda não sabe exatamente quais serão seus planos imediatos. “Por enquanto, tudo o que sei é que tenho de fazer algumas corridas de LMP1 do WEC pela SMP – provavelmente uma delas já é nos próximos meses, nos Estados Unidos, então terei algo para pilotar.”

“Aí dependerá de outras oportunidades e outras possíveis corridas. Poderá ser algo maior, menor ou mais diverso. Ainda estou no início das conversas, então não é como se eu já soubesse o que farei”, completou.

compartilhar
comentários
Fórmula 1 revela horário de largada das corridas de 2019

Artigo anterior

Fórmula 1 revela horário de largada das corridas de 2019

Próximo artigo

Schumacher se aproxima de fechar com Academia da Ferrari

Schumacher se aproxima de fechar com Academia da Ferrari
Carregar comentários