Fórmula 1
10 out
-
13 out
Evento encerrado
24 out
-
27 out
Evento encerrado
01 nov
-
03 nov
Evento encerrado
14 nov
-
17 nov
Evento encerrado
28 nov
-
01 dez
Evento encerrado

Nova Mercedes faz carro 2018 parecer “desajeitado e ingênuo”

compartilhar
comentários
Nova Mercedes faz carro 2018 parecer “desajeitado e ingênuo”
Por:
5 de mar de 2019 16:44

Diretor técnico crê que evolução aerodinâmica alcançada pelo time não era imaginada em apenas um ano

O resultado do design do novo W10 da Mercedes deixou o próprio time espantado, segundo diz o diretor técnico do time, James Allison,

Allison disse: "É uma coisa interessante, as coisas que pensamos no ano passado foram uma fonte de grande orgulho para nós e pensamos que tínhamos chegado ao limite. Porém elas começaram a parecer desajeitadas e ingênuas em comparação com as soluções deste ano”.

"Veja os sidepods do ano passado como um exemplo. Eles eram algo com o que nos preocupamos porque eles eram mais compactos do que jamais conseguimos fazer em qualquer ano anterior.”

"Mas olhe para estes sidepods no carro de 2019, olhe para este chassi. Há coisas que não teríamos pensado ser possíveis 12 meses antes. Da mesma forma, na suspensão dianteira, conseguimos melhorar ainda mais.”

"O mesmo é verdade em todos os lugares, se você tirar a carenagem desse carro e olhar por baixo dele, você perceberá que em todas as partes do carro ele foi muito desenvolvido. Ele é um pouco mais rígido e um pouco mais leve."

As mudanças nas regras da F1 não foram projetadas para tornar os carros mais lentos, mas significaram às equipes a necessidade de encontrar maneiras de recuperar desempenho aerodinâmico.

As asas dianteiras mais simples e mais largas, os bargeboards menores e o menor número de aletas nos dutos de freio são agora características dos carros 2019.

Allison disse que a criatividade foi essencial para tentar continuar o "tema aerodinâmico".

"Esses pneus criam muito caos aerodinâmico strás deles", disse Allison. "Eles geram um rastro desagradável de ar caótico e de baixa energia.”

"Se você permitir que o ar fique em seu carro, isso prejudicará a capacidade do carro de gerar downforce.”

"Todo ano, desde 2009, desenvolvemos técnicas para pegar a turbulência deste pneu e jogar longe do carro o máximo que pudermos. Os agentes principais foram a asa dianteira, os dutos de freio e os bargeboards, que foram bastante limitados neste ano."

Próximo artigo
Red Bull acha que “definitivamente” chegou em Ferrari e Mercedes

Artigo anterior

Red Bull acha que “definitivamente” chegou em Ferrari e Mercedes

Próximo artigo

Ferrari decide tirar Mission Winnow dos carros para GP da Austrália

Ferrari decide tirar Mission Winnow dos carros para GP da Austrália
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Equipes Mercedes Compre Agora
Autor Scott Mitchell