Fórmula 1
11 jun
-
14 jun
Próximo evento em
68 dias
25 jun
-
28 jun
Próximo evento em
82 dias
R
GP da Áustria
02 jul
-
05 jul
Próximo evento em
89 dias
30 jul
-
02 ago
Próximo evento em
117 dias
R
GP da Bélgica
27 ago
-
30 ago
Próximo evento em
145 dias
03 set
-
06 set
Próximo evento em
152 dias
R
GP de Singapura
17 set
-
20 set
Próximo evento em
166 dias
24 set
-
27 set
Próximo evento em
173 dias
08 out
-
11 out
Próximo evento em
187 dias
R
GP dos Estados Unidos
22 out
-
25 out
Próximo evento em
201 dias
29 out
-
01 nov
Próximo evento em
208 dias
12 nov
-
15 nov
Próximo evento em
222 dias
R
GP de Abu Dhabi
26 nov
-
29 nov
Próximo evento em
236 dias

Pérez não vê Stroll favorecido dentro da Force India em 2019

compartilhar
comentários
Pérez não vê Stroll favorecido dentro da Force India em 2019
7 de jan de 2019 18:41

Mexicano argumenta que é interesse da equipe ver os dois carros andando ao máximo na próxima temporada da F1

Sergio Pérez garantiu que não teme ver um favorecimento a Lance Stroll dentro da Force India na temporada de 2019 da F1, já que “é do interesse de todos” que os dois carros estejam com força total.

Stroll chega à equipe de Silverstone para formar dupla com Pérez, piloto da equipe desde 2014. No entanto, a equipe passa por situação diferente em relação aos anos anteriores, já que agora é de propriedade de um consórcio de empresários liderado por Lawrence Stroll, pai de Lance.

Mesmo medindo forças contra o filho do dono, Pérez confia que isso não afetará negativamente em seu trabalho. “É do interesse de todos, incluindo dos proprietários, que esta equipe seja bem sucedida”, disse, segundo o site MotorsportWeek.

“O investimento que eles fizeram foi bem sucedido, então, para isso, precisamos dos dois carros os mais fortes possíveis.”

“Nós dois temos de trabalhar duro, precisamos trabalhar juntos para levar a equipe à frente o máximo possível. É do interesse de todos. Somos uma equipe agora e precisamos trabalhar assim.”

Além disso, Pérez pregou respeito a Stroll como piloto, mesmo que o canadense tenha tido uma temporada de dificuldades em 2018. “Não o conheço muito como piloto. Na F1, é difícil conhecer um piloto de outra equipe.”

“95% dos seus resultados são fruto do carro. Ele certamente teve uma temporada ruim graças ao carro. Acho que a Williams teve muitos problemas.”

“Mas o garoto definitivamente tem talento. Ele já foi ao pódio, quando chove ele sempre está lá em cima. Acho que ele está vindo para uma grande equipe, com um dos melhores engenheiros do mundo. Acho que ele estará em ótimas mãos para entregar todo seu potencial.”

Próximo artigo
Ferrari confirma saída de Arrivabene e chegada de Binotto

Artigo anterior

Ferrari confirma saída de Arrivabene e chegada de Binotto

Próximo artigo

Racing Point enfrentará diferentes "perigos" agora, diz diretor

Racing Point enfrentará diferentes "perigos" agora, diz diretor
Carregar comentários