Racing Point muda discurso e fecha portas para Vettel: "Não há mais nada para confirmar"

compartilhar
comentários
Racing Point muda discurso e fecha portas para Vettel: "Não há mais nada para confirmar"

Em entrevista a site alemão, Otmar Szafnauer chegou a encerrar a entrevista quando perguntado sobre a situação de Vettel

Mudança de ventos na Racing Point. A equipe, que em julho não descartava uma possível contratação de Sebastian Vettel para disputar a temporada 2021 da Fórmula 1, mudou radicalmente o discurso e afirmou que já tem seus pilotos confirmados há dois anos.

Em entrevista ao site alemão Auto Motor und Sport, o chefe da Racing Point, Otmar Szafnauer, desviou rapidamente de uma pergunta feita pelo jornalista sobre quando a equipe confirmaria sua dupla de pilotos para o próximo ano.

Leia também:

Szafnauer assegurou que a confirmação dos pilotos já havia sido feita: "Já fizemos isso há dois anos. Não há mais nada para confirmar".

O repórter questionou o que havia mudado na situação de Vettel e se o tetracampeão estava fora da equipe. Szafnauer respondeu: "Nunca esteve dentro".

Tentando entender mais sobre o caso, o repórter perguntou o que isso significaria para a equipe no próximo ano, quando passará a se chamar Aston Martin, o Szafnauer pediu para que a entrevista fosse encerrada: "Terminamos a entrevista com essas duas últimas perguntas".

A situação entre Vettel e a Racing Point / Aston Martin mudou consideravelmente nas últimas semanas. O acordo, que era visto como certo anteriormente, passou a ser questionado cada vez mais especialmente com a mudança de discurso de Sergio Pérez.

Ainda em julho, o mexicano chegou a dizer que era óbvio quem sairia caso Vettel chegasse, porém, quando retornou ao paddock após o fim de seu isolamento devido à Covid-19, começou a assegurar que recebia da equipe a intenção de continuar o trabalho, e que os rumores sobre Vettel sumiriam eventualmente.

Recentemente, o tetracampeão chegou a afirmar que seu futuro na F1 estava garantido e que o anúncio seria feito logo. Porém, na semana passada, desviou quando perguntado sobre a Racing Point, reafirmando que sua intenção é de continuar no Mundial em 2021.

F1: Saiba quem é o novo chefe da Williams após saída de Claire e veja quem comanda os outros times

Podcast #066: Vitória de Gasly prova que F1 é ambiente ‘onde os fracos não têm vez’?

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

F1: Renault diz que quer equipes parceiras no lugar de clientes na F1 e coloca novo acordo com Red Bull como improvável

Artigo anterior

F1: Renault diz que quer equipes parceiras no lugar de clientes na F1 e coloca novo acordo com Red Bull como improvável

Próximo artigo

Ricciardo: "Estou muito feliz por andar com um F1 moderno em Mugello"

Ricciardo: "Estou muito feliz por andar com um F1 moderno em Mugello"
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1