Red Bull rescinde contrato de Vips após investigação sobre insulto racial

Piloto estoniano tem vínculo de quatro anos com equipe austríaca após uso de termo racista durante transmissão de jogo online

Red Bull rescinde contrato de Vips após investigação sobre insulto racial
Carregar reprodutor de áudio

A Red Bull Racing rescindiu o contrato do piloto reserva e de testes da Fórmula 1, Juri Vips, devido ao uso de insulto racial na semana passada.

Vips foi ouvido usando linguagem racista durante transmissão de um jogo, levando à sua suspensão imediata pela Red Bull até uma investigação completa da equipe.

Leia também:

Antes do GP da Grã-Bretanha deste fim de semana, a Red Bull anunciou nas redes sociais que o contrato de Vips havia sido rescindido, encerrando sua associação com a equipe após quatro anos.

“Após investigação sobre o incidente online envolvendo Juri Vips, a Oracle Red Bull Racing rescindiu o contrato de Juri como piloto de teste e reserva”, disse o comunicado.

“A equipe não tolera qualquer forma de racismo.”

Vips ingressou no programa júnior da Red Bull em 2018 e corre na Fórmula 2 desde 2020, juntamente com seus compromissos como piloto de testes e reserva.

O estoniano realizou regularmente trabalho de simulador para a Red Bull e fez sua estreia no fim de semana do GP da Espanha no início deste ano, substituindo Sergio Pérez.

Após o incidente e sua suspensão, Vips emitiu um comunicado para “se desculpar sem reservas pela linguagem ofensiva usada durante uma transmissão de jogos ao vivo”.

“Esta linguagem é totalmente inaceitável e não retrata os valores e princípios que mantenho”, escreveu Vips. “Lamento profundamente minhas ações e este não é o exemplo que devo dar. Vou cooperar totalmente com a investigação.”

Vips está competindo com a Hitech Grand Prix na F2 este ano, com sua próxima aparição marcada para este fim de semana em Silverstone em apoio ao GP da Grã-Bretanha. A Hitech ainda não confirmou se Vips continuará correndo com a equipe ou não.

A notícia da saída de Vips da Red Bull chega no mesmo dia em que várias equipes de F1 mostraram seu apoio ao heptacampeão mundial Lewis Hamilton, que foi alvo de uso de termos racistas de Nelson Piquet.

VÍDEO: Felipe Kieling fala de sua experiência na F1

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações para ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #183 - O que Alonso poderia fazer hoje em carro de ponta da F1?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

 

 

compartilhar
comentários
Hamilton diz que Verstappen “não sabe o que fala” sobre o porpoising
Artigo anterior

Hamilton diz que Verstappen “não sabe o que fala” sobre o porpoising

Próximo artigo

F1: Gigante do streaming e Ricciardo trabalham em nova série sobre categoria

F1: Gigante do streaming e Ricciardo trabalham em nova série sobre categoria