Renault diz que lançamento do RS16 foi apenas um "show"

compartilhar
comentários
Renault diz que lançamento do RS16 foi apenas um "show"
Por:

Nick Chester, diretor técnico, revelou que reunião desta quarta-feira foi apenas um evento e que modelo 2016 será diferente

Nick Chester, Renault F1 Team Technical Director
Carlos Ghosn, Chairman of Renault
(L to R): Frederic Vasseur, Renault F1 Team Racing Director, Carlos Ghosn, Chairman of Renault, Kevin Magnussen, Renault F1 Team, Jolyon Palmer, Renault F1 Team and Esteban Ocon, Renault F1 Team
(L to R): Kevin Magnussen, Renault F1 Team with Esteban Ocon, Renault F1 Team Test Driver; Carlos Ghosn, Chairman of Renault; Jolyon Palmer, Renault F1 Team and Jerome Stoll, Renault Sport F1 President
The Renault F1 Team car livery
The Renault F1 Team car livery
The Renault F1 Team car livery

Fãs e jornalistas imaginaram que o lançamento do Renault RS16 mostraria a nova cara da equipe. A curiosidade estava em como seria a pintura do novo carro. Logo após a demonstração, a cúpula da equipe tratou de deixar as coisas mais claras quanto ao novo visual.

"É similar, mas não será assim", disso Nick Chester, diretor técnico da escuderia. 

Já o diretor, Cyril Abiteboul, descreveu o evento de hoje como um "show."

"O que você está vendo aqui hoje está mais para um show, para ser honesto. O carros ainda está sendo produzido. Ele será ligado somente na próxima semana."

"Nos testes será quando o carro será revelado. Haverá uma evolução do pacote, a carenagem, a asa dianteira, entre outras partes de um F1."

Chester falou que o novo RS16 estará na pista pela primeira vez nos testes em Barcelona no fim do mês.

Base sólida da Lotus

Chester está otimista quanto à boa base de desenvolvimento, pelo fato da Lotus ter provado ser competitiva, mesmo sem atualizações durante a temporada.

"Acredito que temos um bom carro em que os pilotos conseguem tirar o máximo proveito dele. Estamos tentando manter essas características e conseguir um pouco mais. Vamos adicionar mais desenvolvimento aerodinâmico."

Mesmo assim, ele admitiu que o time, que utilizou motores Mercedes no ano passado, teve que fazer algumas mudanças para encaixar a nova unidade de potência.

"Mudamos algumas partes do desenho do chassi para podermos otimizar o uso do nosso novo motor, além de outras mudanças."

Relatos adicionais por Jonathan Noble

Carmen Jordá permanece na Renault e mira outras categorias

Artigo anterior

Carmen Jordá permanece na Renault e mira outras categorias

Próximo artigo

F1 vai eliminar sistema de tokens a partir de 2017

F1 vai eliminar sistema de tokens a partir de 2017
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento Renault F1 Team livery launch
Equipes Renault F1 Team
Autor Pablo Elizalde