Fórmula 1
25 mar
Próximo evento em
26 dias
06 mai
Próximo evento em
68 dias
20 mai
Próximo evento em
82 dias
R
GP do Azerbaijão
03 jun
Próximo evento em
96 dias
10 jun
Próximo evento em
103 dias
24 jun
Próximo evento em
117 dias
R
GP da Áustria
01 jul
Próximo evento em
124 dias
R
GP da Grã-Bretanha
15 jul
Próximo evento em
138 dias
29 jul
Próximo evento em
152 dias
R
GP da Bélgica
26 ago
Próximo evento em
180 dias
02 set
Próximo evento em
187 dias
09 set
Próximo evento em
194 dias
23 set
Próximo evento em
208 dias
R
GP de Singapura
30 set
Próximo evento em
215 dias
07 out
Próximo evento em
222 dias
21 out
Próximo evento em
236 dias
28 out
Próximo evento em
243 dias
R
GP da Arábia Saudita
03 dez
Próximo evento em
279 dias
R
GP de Abu Dhabi
12 dez
Próximo evento em
288 dias

Renault se surpreende com desempenho ‘às avessas’

Mesmo com bom resultado de Hulkenberg, time vê grande trabalho à frente após performance “estranha” em Barcelona

compartilhar
comentários
Renault se surpreende com desempenho ‘às avessas’
Nico Hulkenberg, Renault Sport F1 Team RS17
Nico Hulkenberg, Renault Sport F1 Team RS17
Nico Hulkenberg, Renault Sport F1 Team RS17
Nico Hulkenberg, Renault Sport F1 Team RS17
Nico Hulkenberg, Renault Sport F1 Team RS17
Nico Hulkenberg, Renault Sport F1 Team RS17
Jolyon Palmer, Renault Sport F1 Team RS17, Stoffel Vandoorne, McLaren MCL32
Jolyon Palmer, Renault Sport F1 Team RS17, leaves his pit box after a stop

A Renault não sabe por que teve um desempenho tão diferente no último final de semana na Espanha. Normalmente bom nos treinos e mau em ritmo de corrida, o RS17 se mostrou às avessas.

Na Espanha, Nico Hulkenberg se classificou em 13º e Jolyon Palmer em 17º lugar, mas na corrida o alemão fez uma boa largada, subindo para sétimo, e com estratégia inteligente em meio a problemas dos adversários na corrida, terminou sexto.

"Foi um fim de semana estranho para nós, porque normalmente temos boas classificações e domingos difíceis", disse o diretor executivo da Renault, Cyril Abiteboul, ao Motorsport.com. "Desta vez, foi um pouco o oposto".

Quando perguntado o que influenciou a mudança no desempenho, Abiteboul respondeu: "Eu não sei."

"Ficamos muito surpresos, extremamente frustrados e um pouco chocados pelo nosso ritmo na classificação. Não foi o que esperávamos pelo TL2 e o TL3, mas o ritmo da corrida foi mais animador", acrescentou.

Abiteboul sugeriu que a performance pode ter sido devido às condições em Barcelona, ​​onde todas as equipes tiveram dificuldades com o vento para colocar os pneus na janela correta.

"Temos algumas explicações", acrescentou. "Eu acho que é uma mistura de coisas como em todas as equipes.”

"É difícil prever como os pneus vão operar e, se você estiver na janela, onde eles precisam estar. Ainda estamos tentando nos encontrar nessa área.”

"Nós projetamos um carro que é mais sensível às condições ambientes, mas o nosso carro em particular é muito sensível ao tráfego e a ventos cruzados. Precisamos trabalhar nisso.”

"Se há um elemento que mudou é o vento, que aumentou um pouco - pode ser uma área para olharmos. O vento é o mesmo para todos, mas pode ser que o vento esteja nos afetando mais do que a maioria."

Sexto foi o melhor resultado da Renault desde que retornou à F1 e ajudou a equipe a ultrapassar a Haas pelo sétimo lugar no campeonato de construtores.

"Foi um fim de semana encorajador", disse ele. "É um pouco a circunstância em que isso aconteceu. Então não ficamos muito animados. Nós precisamos olhar para trás, temos de estar ocupados, manter a cabeça baixa e o foco." 

VÍDEO: Novo jogo da F1 terá McLaren do 1º título de Senna

Artigo anterior

VÍDEO: Novo jogo da F1 terá McLaren do 1º título de Senna

Próximo artigo

Atrações fatais: encontros na pista que resultam em confusão

Atrações fatais: encontros na pista que resultam em confusão
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Equipes Renault F1 Team
Autor Lawrence Barretto