Fórmula 1
29 ago
-
01 set
Evento encerrado
05 set
-
08 set
Evento encerrado
19 set
-
22 set
Evento encerrado
26 set
-
29 set
Evento encerrado
10 out
-
13 out
Evento encerrado
31 out
-
03 nov
Próximo evento em
15 dias
14 nov
-
17 nov
R
GP de Abu Dhabi
28 nov
-
01 dez
Próximo evento em
43 dias

Resultados da Red Bull são chave para manter Honda na F1

compartilhar
comentários
Resultados da Red Bull são chave para manter Honda na F1
Por:
27 de mar de 2019 11:45

Chefe de projeto no campeonato, Yamamoto diz que combinação de interesses será responsável por manter montadora no mundial

Os resultados da Honda com a Red Bull neste ano serão um fator importante na manutenção do compromisso contínuo da fabricante japonesa com a Fórmula 1 após 2020.

Red Bull e Honda iniciaram uma nova parceria de dois anos nesta temporada, e em seu primeiro GP, na abertura da temporada 2019 na Austrália, eles conseguiram para a montadora japonesa seu primeiro pódio desde que retornou à F1 em 2015.

Leia também:

Quando perguntado sobre a importância da Red Bull para convencer a empresa a se comprometer com um novo acordo com a F1, o diretor da Honda na categoria, Masashi Yamamoto, disse ao Motorsport.com: "este ano será muito importante para a Honda pensar em como podemos nos comprometer depois de 2020 com a Fórmula 1".

Yamamoto, falando durante o final de semana do GP da Austrália, acrescentou: "achamos que temos que julgar a situação geral”.

"Um fator é o regulamento de 2021, que será incluído. Além disso, o negócio e o marketing em torno da F1.”

"A última coisa é o resultado que podemos chegar com a Red Bull. Não podemos simplesmente decidir só por uma coisa."

A F1 apresentou às suas várias partes interessadas sua visão para 2021 em uma reunião em Londres na última terça-feira antes do GP do Bahrein deste fim de semana.

Yamamoto havia indicado antes disso que a direção que os governantes estavam tomando estava "certa" e que eles estavam "ouvindo" a discussão dos fabricantes. Depois de voltar ao grid da F1 em 2015, a Honda teve três temporadas terríveis com a McLaren, nas quais o seu motor era fraco, pouco confiável e rotineiramente criticado.

No entanto, o seu ano de reconstrução com a Toro Rosso – equipe júnior da Red Bull – em 2018 foi o suficiente para ganhar uma chance com uma equipe vencedora novamente.

O novo papel de Yamamoto como diretor geral na F1, tendo sido seu chefe geral de automobilismo antes, é um indicador do foco que a Honda está dando a seu projeto no campeonato.

Ele disse que sua responsabilidade é garantir que a equipe técnica tenha um "ambiente confortável" para trabalhar e lidar com o relacionamento com a alta gerência da Honda.

"Como Honda, quando participamos de qualquer categoria de automobilismo, nosso objetivo é vencer", disse Yamamoto.

"Antes de começarmos com a Red Bull, expliquei os detalhes para a gerência sobre como chegaremos a isso. Então convencemos a alta administração.”

"Então, agora a sensação da empresa, e das pessoas aqui, é que estamos na direção para vencer."

Próximo artigo
Novas regras para F1 em 2021 ganham força após reunião com chefes

Artigo anterior

Novas regras para F1 em 2021 ganham força após reunião com chefes

Próximo artigo

O que está em jogo no GP do Bahrein de Fórmula 1

O que está em jogo no GP do Bahrein de Fórmula 1
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Equipes Red Bull Racing Compre Agora
Autor Scott Mitchell