Fórmula 1
24 out
-
27 out
Evento encerrado
01 nov
-
03 nov
Evento encerrado
14 nov
-
17 nov
Evento encerrado
28 nov
-
01 dez
Evento encerrado

Rosberg pilota a McLaren Senna em Paul Ricard e fala sobre a F1

compartilhar
comentários
Rosberg pilota a McLaren Senna em Paul Ricard e fala sobre a F1
25 de fev de 2019 22:59

Campeão mundial de 2016, o ex-piloto da Fórmula 1 comenta os últimos fatos da categoria antes de pisar fundo na pista do GP da França

Campeão mundial de Fórmula 1 pela Mercedes em 2016, o ex-piloto Nico Rosberg divulgou, nesta segunda-feira, vídeo em que testa a McLaren Senna. Feito pela montadora inglesa em homenagem ao brasileiro Ayrton Senna, tricampeão da F1 pela equipe de Woking, o superesportivo é mais uma atração do canal de Rosberg no YouTube.

Dirigindo pelo sul francês, o alemão pega a estrada rumo ao circuito de Paul Ricard, sede do GP da França de Fórmula 1. No caminho, Rosberg comenta as características do veículo. Com motor biturbo V8, o McLaren Senna chega aos 800 cv e tem apenas 1.197 quilos. Excelente relação peso-potência.

Leia também:

Com bom humor, o vídeo mostra os bastidores da ida para Paul Ricard: até a polícia participa, parando Rosberg para vistoriar os documentos do incomum bólido. Brincadeiras à parte, o alemão segue rumo à pista da F1 e aproveita para responder perguntas dos fãs sobre a categoria máxima do automobilismo mundial.

 


Entre os temas abordados, Rosberg critica o excesso de influência da aerodinâmica na atualidade, argumentando que, da forma como estão, dificultam as ultrapassagens. Ele também menciona a influência de Max Verstappen, a quem chamou de perigoso na pista, na ida de Daniel Ricciardo para a Renault. No entanto, o alemão diz que a mudança foi um erro, já que Ricciardo pode ter que esperar por muito tempo para disputar um título pela nova equipe.

Além disso, quando questionado sobre sua preferência entre Senna e Alain Prost, Rosberg escolhe o brasileiro, apesar de rasgar elogios ao francês. Outro ponto mencionado foi a situação atual da Williams. Ex-piloto da equipe inglesa, o alemão lamentou a atual fase do time de Grove.

Finalmente em Paul Ricard, o filho de Keke Rosberg, também campeão da F1, enfim pôde acelerar pra valer. Aos poucos, o alemão foi aumentando o ritmo e utilizando a pista com mais agressividade. Confira no vídeo:

 
Próximo artigo
Sainz: "Não pontuar na Austrália não seria um fracasso"

Artigo anterior

Sainz: "Não pontuar na Austrália não seria um fracasso"

Próximo artigo

Saiba quem guia e quando no segundo teste da Fórmula 1

Saiba quem guia e quando no segundo teste da Fórmula 1
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Pilotos Nico Rosberg Compre Agora