“Rosberg tem tudo a perder”, diz Red Bull sobre título

Chefe do time austríaco, Christian Horner espera que seu time tire vantagem de briga doméstica das Mercedes

“Rosberg tem tudo a perder”, diz Red Bull sobre título
Christian Horner, Red Bull Racing Team Principal on the grid
Second place Nico Rosberg, Mercedes AMG F1 celebrates in parc ferme
Daniel Ricciardo, Red Bull Racing RB12
Race winner Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 W07 Hybrid celebrates in parc ferme
Skier Lindsey Vonn is given a birthday cake by Daniel Ricciardo, Red Bull Racing, Max Verstappen, Red Bull Racing and Christian Horner, Red Bull Racing Team Principal
Christian Horner, Red Bull Racing Team Principal
Skier Lindsey Vonn is given a birthday cake by Daniel Ricciardo, Red Bull Racing, Max Verstappen, Red Bull Racing and Christian Horner, Red Bull Racing Team Principal

Após grande evolução durante a temporada deste ano, a Red Bull espera tirar boa vantagem da batalha das duas Mercedes pelo título mundial de pilotos. Estabilizada como segunda força deste campeonato, a equipe austríaca tem esperança de que a briga de Nico Rosberg e Lewis Hamilton lhe dê alguma vantagem.

"Agora que estamos no fim do campeonato, você só pode imaginar que a luta vai se intensificar entre os dois. Por isso, queremos estar em uma posição de sermos capazes de capitalizar sobre qualquer problema que possam ter", disse Horner.

"A Mercedes, tendo vencido todas as corridas que venceu neste ano, por que não teriam ritmo nestas três finais? Precisamos ter certeza de que somos a equipe em posição de lucrar no caso de eles tropeçarem.”

"Nós definitivamente diminuímos a diferença. Isso é encorajador. Sabemos que somos capazes de estar por ali. Em vez de apenas observá-los de longe, demos um grande passo à frente neste ano."

Perguntado sobre quem ele acha que irá ganhar o título, Horner acrescentou: "É Rosberg que tem tudo a perder, não é? Se ele terminar em segundo nas próximas três corridas, Lewis não consegue. Mas tudo pode acontecer: um furo no pneu, um abandono... e se Lewis vencer, de repente teremos um ponto entre eles.”

"Para Lewis é simples, são como três finais. Ele tem que ganhar todas as três corridas e depois ver o que acontece com o outro carro, algo que não pode controlar."

compartilhar
comentários
Massa vê energia semelhante à do GP do Brasil no México
Artigo anterior

Massa vê energia semelhante à do GP do Brasil no México

Próximo artigo

Para Carlos Sainz, Alonso foi justo em ultrapassagem

Para Carlos Sainz, Alonso foi justo em ultrapassagem
Carregar comentários