Susie Wolff, esposa de Toto, detona "roubo" a Hamilton e diz que perdeu a paixão pela F1

Cônjuge de chefe da Mercedes e responsável pela Venturi na FE se pronunciou no Twitter sobre GP de Abu Dhabi, que consagrou Verstappen como campeão de 2021

Susie Wolff, esposa de Toto, detona "roubo" a Hamilton e diz que perdeu a paixão pela F1
Carregar reprodutor de áudio

Susie Wolff, esposa de Toto Wolff, publicou uma carta clamando contra a FIA, apontando (sem mencionar) Michael Masi e falando sobre um "roubo" a Lewis Hamilton em Abu Dhabi. O resultado da corrida de Yas Marina, onde Max Verstappen foi consagrado o campeão da Fórmula 1 de 2021, segue gerando polêmica por parte do lado derrotado.

A Mercedes manteve um silêncio mortal nas redes sociais desde a noite de domingo, e nem mesmo os dois dias de teste da pós-temporada geraram postagens da equipe alemã. Nesta quinta-feira (16), cumprido o prazo para apelar das decisões da etapa final da temporada, eles finalmente falaram e anunciaram que não iriam entrar com recurso, com um comunicado no qual comemoram a decisão da FIA de investigar o ocorrido.

Leia também:

No entanto, antes da declaração da escuderia, alguém muito próximo de Wolff, especificamente sua esposa, levantou a voz no Twitter, onde publicou uma carta na qual acusa a organização da F1 e sugere que foi tudo um capricho do diretor de provas, Masi.

A forma como a corrida reiniciou após o safety car provocado pelo acidente de Nicholas Latifi deixou a Mercedes furiosa, que apresentou dois protestos (ambos rejeitados) ao considerar que dois artigos do Código Desportivo haviam sido violados. E embora a declaração da equipe tenha sido em um tom mais conciliador, Susie não teve papas na língua em uma defesa feroz de Hamilton.

"Olhando para o fim de semana, acho que ambas as escuderias e os dois pilotos mereciam vencer. Seria um show, uma corrida histórica que todos esperávamos que terminasse sem polêmica, mas não foi assim", começou a carta de Susie, chefe da Venturi na Fórmula E.

Já no segundo parágrafo, ele esclareceu que sua crítica não é contra a Red Bull ou Verstappen, mas fala em "roubo" a Hamilton.

"O que aconteceu ainda é difícil de entender e me deixa enjoada. Não é sobre perder perder - e nada contra Max ou RBR, eles são merecidos vencedores e sempre soubemos que havia uma grande possibilidade de não podermos ganhar - mas a maneira como Lewis foi roubado me deixou em total descrença. "

As próximas palavras são um dardo contra Masi, mas ela não o mencionou.

"A decisão de uma pessoa dentro do corpo diretivo que aplicou uma regra de uma forma nunca antes feita na F1 decidiu sozinha o campeonato mundial de pilotos. Regras são regras, não podem ser alteradas por capricho de um indivíduo no final de uma corrida."

Susie então dá os parabéns ao vice-campeão, com outra 'indireta': "Lewis Hamilton, você mostrou integridade e dignidade incríveis diante da injustiça. Você é o maior de todos. O resultado das últimas voltas no domingo? Aqueles que sabem, sabem, mesmo aqueles que não ousam admitir isso".

"Parabéns a Max e a cada membro da Mercedes AMG F1 pelo incrível oitavo mundial consecutivo de construtores."

E no final, ela diz que perdeu o amor pela F1 e faz um desejo para o início da temporada de 2022: "Espero que até março do ano que vem haja um corpo diretivo com integridade esportiva e justiça em seu núcleo para que eu possa me apaixonar novamente pela categoria."

Após 'PROVOCAÇÃO' a Hamilton, NELSINHO PIQUET fala de POLÊMICO "patrão é meuzovo" e celebra por Max

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #152: Qual tamanho do título de Verstappen após derrotar Hamilton?

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
F1 - Verstappen: "Sem Pérez, eu não teria conquistado o título"
Artigo anterior

F1 - Verstappen: "Sem Pérez, eu não teria conquistado o título"

Próximo artigo

F1: Leclerc testa positivo para Covid-19 pela segunda vez em 2021

F1: Leclerc testa positivo para Covid-19 pela segunda vez em 2021
Carregar comentários