Testes de pneus durante temporada podem voltar em 2016

Equipes e Pirelli tentam trazer de volta testes de pneus no meio da temporada visando novo carro de 2017

Testes de pneus durante temporada podem voltar em 2016
Franz Tost, Scuderia Toro Rosso, Paul Hembery, Pirelli
Técnicos da Pirelli
Pneus Pirelli
Lotus F1 Team com pneus Pirelli
Pastor Maldonado, Lotus F1 E23
Paul Hembery, diretor da Pirelli Motorsport
Carregar reprodutor de áudio

Como já revelado pelo Motorsport.com, Bernie Ecclestone e Pirelli se reuniram com os grandes nomes da categoria e alguns chefes de equipes para selar a paz entre fornecedora de pneus e times. Paul Hembery disse que ficou acordado o aumento do diálogo entre pilotos e equipes e que agora o foco é retomar os testes de pneus durante a próxima temporada já visando o novo carro de 2017:

"É preciso ver além, há uma série de questões práticas. O carro de 2017 será dramaticamente diferente", disse Hembery.

"Você não pode simplesmente colocar pneus mais largos no carro atual."

Plano em conjunto

Hembery explicou que nada estava programado ainda, mas que a esperança seria agendar seis sessões de três dias cada, contando com uma ou duas equipes de cada vez.

O comandante da companhia italiana estava convencido de que caso isso não aconteça, significaria que a Pirelli estaria fora da Fórmula 1, mesmo se vencer a concorrência com a Michelin.

Quando perguntado se a falta de testes poderia ser um fator para rompimento, ele respondeu:"Para nós, sim. Não podemos continuar nesse cenário em que não podemos realizar nosso trabalho."

Mais contribuições dos pilotos

Tendo uma reunião com Sebastian Vettel, Lewis Hamilton, Fernando Alonso e Nico Rosberg para falar sobre o assunto, Hembery disse que a esperança era de que os próximos pilotos tenham mais informações sobre a evolução dos pneus.

"Somos culpados de não nos comunicar o suficiente com os pilotos", disse ele. "Acho que há bastante disposição por parte deles para trabalhar conosco."

"Acredito que uma coisa que precisa acontecer seria um programa de testes adequado e os pilotos precisam estar envolvidos nesse programa. Nesse momento eles não estão envolvidos, então há uma discrepância de informações."

Sem críticas públicas

Hembery também confirmou que os pilotos foram aconselhados a não criticar a Pirelli publicamente:

"Foi pedido que eles fizesse isso no ambiente certo. Eles devem expressar suas opiniões da maneira correta."

compartilhar
comentários
Vettel lamenta diferença para Mercedes, mas segue confiante
Artigo anterior

Vettel lamenta diferença para Mercedes, mas segue confiante

Próximo artigo

Hamilton aparece no fim e domina último treino livre

Hamilton aparece no fim e domina último treino livre