Últimas notícias
Fórmula 1 GP da Malásia

Vandoorne, sétimo, celebra “melhor atuação na F1”

Belga, que agora está à frente de Alonso no campeonato, destaca melhora após evolução da McLaren em 2017

Stoffel Vandoorne, McLaren MCL32, Sergio Perez, Sahara Force India F1 VJM10
Fernando Alonso, McLaren
Stoffel Vandoorne, McLaren
Stoffel Vandoorne, McLaren MCL32 and Sergio Perez, Force India VJM10 at the start of the race
Stoffel Vandoorne, McLaren MCL32, pit stop action
Stoffel Vandoorne, McLaren MCL32, battles Sergio Perez, Sahara Force India F1 VJM10
Daniel Ricciardo, Red Bull Racing RB13, Stoffel Vandoorne, McLaren MCL32, Esteban Ocon, Sahara Force India F1 VJM10, Fernando Alonso, McLaren MCL32 at the start
Fernando Alonso, McLaren MCL32, Sebastian Vettel, Ferrari SF70H, Nico Hulkenberg, Renault Sport F1 Team RS17, Jolyon Palmer, Renault Sport F1 Team RS17
Stoffel Vandoorne, McLaren MCL32
Stoffel Vandoorne, McLaren, waves on the drivers parade
Kevin Magnussen, Haas F1 Team VF-17, Fernando Alonso, McLaren MCL32
Fernando Alonso, McLaren MCL32, Sebastian Vettel, Ferrari SF70H, Nico Hulkenberg, Renault Sport F1 Team RS17

Stoffel Vandoorne, da McLaren, afirmou que o sétimo lugar obtido no GP da Malásia coroou “sua melhor atuação na F1”.

Vandoorne superou seu companheiro de equipe bicampeão mundial Fernando Alonso no sábado e terminou pela segunda vez em sétimo lugar na prova.

“Posso dizer definitivamente que, para mim, foi minha melhor atuação na F1 até agora”, disse o belga, que completou a prova mais de 30s à frente de Alonso.

“Terminar em sétimo em um circuito como esse, sendo muito rápido em todo o fim de semana, classificando em sétimo... Pensávamos que seria difícil e tivemos uma corrida fantástica.”

“Tive uma ótima, ótima largada, e depois sabíamos que seria difícil manter Force India e Williams atrás. Mas só [Sergio] Pérez me passou. Forçamos feito loucos, volta após volta, tentando manter o combustível e os pneus ao mesmo tempo.”

“As condições eram duras, mas conseguimos manter a diferença para Lance [Stroll] muito bem, então estou extremamente satisfeito com o sétimo lugar.”

Quanto à disputa interna com Alonso, Vandoorne disse que finalmente está apto a mostrar seu melhor trabalho, já que a McLaren evoluiu.

“As últimas corridas foram muito, muito boas para mim também. Estou definitivamente trabalhando duro com a equipe, pressionando [Alonso] e isso é bom para o espírito da equipe.”

Chateado, Alonso lamente toque na primeira volta

Seu companheiro de equipe, Alonso, terminou fora da zona de pontuação, em 11º, e culpou o atraso a um toque entre Esteban Ocon e Felipe Massa, o que também incluiu a Williams de Lance Stroll.

“Já tivemos dias melhores, definitivamente”, disse Alonso. “Foi uma pena na curva 2 que as Williams estavam à nossa frente e se tocaram. Perdemos algumas posições ali.”

“Então, estávamos sempre no grupo secundário, sempre mais lento do que nosso ritmo real, mas não conseguíamos ultrapassar. Espero que no Japão possamos voltar em melhor forma.”

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior Ricciardo: “Vettel matou seus pneus vindo atrás de mim”
Próximo artigo Após GP ruim, Bottas lamenta: “Não estou no meu melhor”

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil